Súmula para Mestrado | AGÊNCIA FAPESP

FAPESP orienta candidatos sobre a importância da Súmula Curricular do Orientador para submissão de propostas de Bolsa de Mestrado. Sem ela, a proposta não será habilitada (foto: Eduardo Cesar/FAPESP)

Súmula para Mestrado

13 de agosto de 2009

Agência FAPESP – A Súmula Curricular do Orientador é um dos documentos obrigatórios para a submissão de propostas de Bolsa de Mestrado à FAPESP. Sem ela, a proposta não será habilitada. Entretanto, não é obrigatório que a Súmula Curricular do Orientador seja aquela gerada pelo sistema Lattes.

A partir da submissão de Bolsa de Mestrado para o segundo semestre de 2009, os candidatos poderão apresentar a súmula escolhendo, entre duas formas alternativas, a que for mais conveniente.

Na primeira alternativa, a súmula poderá ser extraída da cópia do currículo Lattes armazenado na FAPESP. Há um período de 48 horas entre a atualização do currículo Lattes do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e a atualização da cópia. Recomenda-se, por conta disso, que a atualização na plataforma Lattes seja feita com pelo menos esse período de antecedência.

Se a escolha for pela extração da Súmula Curricular da cópia do Currículo Lattes, deverá ser adicionado um documento na aba “Documentos” do Sistema de Apoio a Gestão (SAGe) da FAPESP, informando que a opção foi pela extração via Lattes.

Na segunda alternativa, a súmula poderá ser criada segundo o modelo descrito em www.fapesp.br/formularios/sumula ou na aba “Documentos” do SAGe, usando o processador de texto preferencial do pesquisador, e anexada como “documento anexado”. Note que a súmula completa deve ter no máximo três páginas.

Caso essa seja a opção escolhida, o SAGe emitirá uma mensagem de advertência (“Nenhum dado foi informado na súmula de (nome do orientador ou do candidato à bolsa”). Essa advertência não impede a submissão e, estando a súmula adicionada como “documento anexado”, a advertência poderá ser ignorada e a proposta submetida.

Prazo para submissão

Neste semestre, as solicitações de Bolsas de Mestrado deverão ser submetidas até o dia 28 de agosto. A FAPESP orienta os interessados a não deixar para fazer a solicitação nos últimos dias, uma vez que o acúmulo de solicitações simultâneas causa transtornos aos candidatos e aos pesquisadores, além da devolução e perda de prazo para a submissão de propostas.

As submissões de solicitações iniciais só poderão ser feitas por meio do Sistema de Apoio a Gestão (SAGe) da FAPESP. Só serão aceitas em papel as reconsiderações relativas a processos cujas solicitações iniciais também foram feitas em papel.

As solicitações de Bolsas de Mestrado devem obedecer as normas dispostas no Manual de Bolsa de Mestrado, disponível em www.fapesp.br/bolsas/ms.

Na inscrição para as Bolsas de Mestrado no primeiro semestre de 2009, foram devolvidas, para correções, 920 (42%) das 2,2 mil submissões recebidas pelo sistema SAGe.

As devoluções ocorreram porque as propostas não reuniam condições para serem avaliadas, por problemas como histórico escolar incompleto, ilegível, sem os critérios de aprovação, carimbo e assinatura ou sem o código de autenticidade, assinatura indevida na manifestação do dirigente da instituição na qual se realizará o projeto e falta de informação sobre o vínculo empregatício/credenciamento do orientador. Tais erros sobrecarregaram o processo e causaram atraso no início da análise do Mestrado e atraso na habilitação de processos de outras linhas de fomento.

A partir do período de submissões que se inicia em 10 de julho de 2009, e diferentemente do praticado em anos anteriores, a FAPESP não habilitará para análise propostas submetidas inicialmente com erros que prejudiquem a análise e não será concedido prazo adicional para a reformulação.

Leia mais orientações sobre a submissão de propostas de Bolsas de Mestrado em www.fapesp.br/bolsas/ms.
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados