USP abre iniciação científica | AGÊNCIA FAPESP

USP abre iniciação científica

08 de outubro de 2008

Agência FAPESP – A Universidade de São Paulo (USP) lançou nesta terça-feira (7/10) o programa de Pré-Iniciação Científica em Bauru.

Trata-se de uma iniciativa da Pró-Reitoria de Pesquisa da USP que pretende apoiar projetos de pesquisa nas áreas exatas, biológicas e humanas, que possibilitem despertar e incentivar o interesse de alunos na rede pública de ensino, mediante o acompanhamento de atividades e convivência.

Segundo Maria Inês Pegoraro-Krook, vice-presidente da Comissão de Pesquisa da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB) e presidente da Comissão de Pesquisa do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC), estão sendo convidados os 44 alunos da rede pública que serão bolsistas durante o próximo ano. “Desses alunos, 30 serão bolsistas da FOB e 14 do HRAC”, explicou.

Professores, diretores, supervisores desses alunos e representantes da área da educação também participarão do programa, que ficará sob a responsabilidade das comissões de pesquisa de cada unidade da USP. Entre os objetivos, segundo Maria Inês, está o “oferecimento de oportunidades de complemento da formação pessoal, aprimoramento de conhecimentos e preparo para a vida profissional ao aluno participante”.

De acordo com a USP, o Programa de Pré-Iniciação Cientifica atua no sentido de levar aos alunos chances de crescimento pessoal, diminuindo o efeito das desigualdades sociais por meio da vivência em laboratórios e junto a grupos de pesquisa, propiciando aprendizado por meio de métodos alternativos.

Mais informações: www.fob.usp.br
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados