Unicamp testará novo sistema de avaliação | AGÊNCIA FAPESP

Universidade fará parte de projeto piloto para usar o Student Experience in the Research University, utilizado por universidades públicas norte-americanas

Unicamp testará novo sistema de avaliação

26 de novembro de 2010

Agência FAPESP – A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) fará parte de um projeto piloto para usar o Student Experience in the Research University (SERU), sistema de avaliação usado por universidades públicas nos Estados Unidos.

Segundo a Unicamp, com base em informações fornecidas pelos próprios estudantes sobre suas experiências nas instituições de pesquisa, o sistema permitirá que a partir de minucioso questionário se desenvolvam estudos de avaliação de desempenho dos alunos no ensino superior público.

O convite para participar da versão brasileira do projeto veio do fundador e coordenador do SERU, John Douglass, pesquisador sênior do Center for Studies in Higher Education da Universidade da Califórnia em Berkeley, que é pesquisador visitante do Grupo de Estudos em Ensino Superior (GEES) do Centro de Estudos Avançados (CEAv) da Unicamp.

De acordo com Renato Hyuda de Luna Pedrosa, coordenador do GEES, o projeto será adaptado, uma vez que o questionário traz blocos mais especializados e outros dedicados a aspectos do sistema norte-americano de ensino superior.

“Nossa versão do questionário será disponibilizada on-line para a entrada de dados pelos alunos. Coletadas as informações, vamos fazer a conexão com o banco de dados acadêmicos da Unicamp”, disse.

A ideia é que outras universidades brasileiras se juntem ao projeto piloto que será centralizado na Unicamp.

Mais informações sobre o SERU: http://cshe.berkeley.edu/research/seru
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados