Treinamento técnico em bioinformática com bolsa da FAPESP | AGÊNCIA FAPESP

Duas vagas estão disponíveis no Instituto Butantan para estudar evolução e função do veneno das serpentes. Interessados devem se inscrever até 1º de julho (foto: Inst. Butantan)

Treinamento técnico em bioinformática com bolsa da FAPESP

29 de junho de 2018

Agência FAPESP – O Projeto Temático Dimensions US-BIOTA São Paulo: scales of biodiversity: integrated studies of snake venom evolution and function across multiple levels of diversity dispõe de duas vagas de treinamento técnico, com bolsa da FAPESP, no Instituto Butantan. O prazo de inscrição vai até dia 1º de julho de 2018.

O projeto, coordenado pelo professor Inácio de Loiola Meirelles Junqueira de Azevedo, dará ênfase ao estudo genético evolutivo de toxinas, seu impacto nos processos de especiação de serpentes e os mecanismos de variabilidade associados.â?¯

O bolsista participará da equipe de bioinformática, atuando nas diversas etapas de análise de dados genômicos, transcriptômicos e proteômicos. Ele poderá atuar desde a configuração e manutenção de infraestrutura de hardware e softwares em servidor Linux até etapas mais específicas da análise bioinformática de sequências.

Os requisitos para as oportunidades são: experiência em Linux, conhecimento em programação em Perl/Python e R e experiência em análises bioinformáticas. Além disso, é desejável que os candidatos tenham inglês intermediário e experiência em análises de sequenciamento de nova geração.

Os interessados em se inscrever deverão enviar e-mail para biodiversity.scales@butantan.gov.br. Mais informações sobre as vagas estão disponíveis em www.fapesp.br/oportunidades/1990 e www.fapesp.br/oportunidades/1991.

Um das vagas é para treinamento técnico nível quatro (TT-4), em que o pesquisador receberá Bolsa FAPESP no valor de R$ 3.021,60. Essa bolsa é voltada para graduado, especialista em Tecnologia de Informação (TI), com dois anos de experiência após a graduação ou título de mestrado na área de TI, sem vínculo empregatício, com dedicação de 16 a 40 horas semanais às atividades de apoio ao projeto de pesquisa.

A outra vaga é de treinamento técnico nível cinco (TT-5) e é voltada para especialistas em TI com pelo menos cinco anos de experiência após a graduação ou título de doutorado, sem vínculo empregatício. A vaga prevê dedicação de 16 a 40 horas semanais (o valor da Bolsa a ser paga será proporcional ao número de horas semanais) às atividades de apoio ao projeto de pesquisa. O valor da Bolsa TT-5 é de R$ 7.174,40.

Para mais informações sobre as bolsas de Treinamento Técnico acesse www.fapesp.br/bolsas/tt.

Outras vagas de bolsas, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades, em www.fapesp.br/oportunidades.
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados