Obra de autor da Unicamp sobre conflitos trabalhistas no contexto do golpe de 1964 é lançada na Alemanha | AGÊNCIA FAPESP

Obra de autor da Unicamp sobre conflitos trabalhistas no contexto do golpe de 1964 é lançada na Alemanha Livro do historiador Fernando Teixeira da Silva despertou interesse internacional por comparar sistemas de relações de trabalho de vários países; edição em português foi publicada com apoio da FAPESP (imagem: divulgação)

Obra de autor da Unicamp sobre conflitos trabalhistas no contexto do golpe de 1964 é lançada na Alemanha

04 de outubro de 2019

Agência FAPESP – O livro Trabalhadores no Tribunal: Conflitos e Justiça do Trabalho em São Paulo, de autoria do professor da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) Fernando Teixeira da Silva, foi publicado na Alemanha pela editora De Gruyter Oldenbourg.

A obra aborda a capacidade organizativa e reivindicatória dos trabalhadores brasileiros e o acesso à Justiça do Trabalho para buscar a solução e a mediação de conflitos trabalhistas no período do golpe de 1964. A edição brasileira foi publicada com apoio da FAPESP.

Durante a pesquisa que serviu de base à obra, Teixeira da Silva analisou cerca de 500 processos do Tribunal Regional do Trabalho do Estado de São Paulo, com foco no ano de 1963 e nos primeiros meses de 1964.

O livro chamou a atenção da editora alemã – que lançou uma edição em inglês na Europa – porque apresenta um amplo debate internacional, na perspectiva de comparação com os vários sistemas de relações de trabalho, como dos Estados Unidos, Alemanha, Itália, Austrália e França.

O autor é professor livre-docente do Departamento de História da Unicamp e foi diretor do Arquivo Edgard Leuenroth e do Centro de Pesquisa em História Social da Cultura, ambos da Unicamp.
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados