Newton da Costa, professor emérito | AGÊNCIA FAPESP

Matemático e filósofo, um dos criadores da lógica paraconsistente recebe título da Unicamp (foto: Unicamp)

Newton da Costa, professor emérito

28 de agosto de 2009

Agência FAPESP – O matemático, lógico e filósofo Newton da Costa, professor do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), recebeu o título de professor emérito da universidade.

A solenidade de outorga foi realizada no dia 25 de agosto no Centro de Convenções da universidade, durante assembleia universitária extraordinária do Conselho Universitário (Consu).

A proposição partiu da congregação do IFCH e do conselho científico do Centro de Lógica, Epistemologia e Filosofia da Ciência (CLE) e foi acatada por deliberação do Consu em 26 de maio. Segundo a Unicamp, o título resulta dos relevantes serviços prestados pelo professor em prol do desenvolvimento da instituição.

Conduzido ao recinto pelos professores Ítala D’Ottaviano e Walter Carnielli, seus ex-alunos da primeira geração de lógicos da Unicamp, Da Costa foi ovacionado pelas autoridades e convidados. O professor Edgar Salvadori de Decca, reitor em exercício, deu as boas-vindas.

“Tenho orgulho de ter sido cativada por esse professor e hoje sou uma de suas colaboradoras e amiga. Trata-se de uma justa homenagem a esse intelectual que tanto tem enobrecido a filosofia e a ciência brasileira”, disse Ítala.

Ao falar resumidamente sobre a sua trajetória profissional, Da Costa destacou sua contribuição à Unicamp ao ter sido um dos fundadores do CLE, centro que conseguiu reconhecimento internacional.

“A Unicamp dignifica o Brasil e me deixa jubiloso. A filosofia da ciência não pode ser cultivada por quem não possui intimidade com a ciência. Por isso me envolvi com ambas. Sempre quis me dedicar à natureza do conhecimento. A posição que assumo é a tentativa de alcançar o céu”, disse.

Newton Carneiro Affonso da Costa nasceu em Curitiba em 16 de setembro de 1929. Com o apoio de seu tio Milton Carneiro, à época professor de história da filosofia da Universidade Federal do Paraná (UFPR), iniciou-se na filosofia por meio dos Diálogos de Platão e de vários textos de Aristóteles, ambos em traduções francesas.

Concluiu três graduações na UFPR: engenharia civil, bacharelado em matemática e licenciatura em matemática. Recebeu o título de doutor em matemática e tornou-se livre-docente de análise matemática e análise superior. É professor titular de filosofia na Universidade de São Paulo e professor convidado da Universidade Federal de Santa Catarina.

Na Unicamp, foi diretor associado do Instituto de Matemática, Estatística e Ciências da Computação (Imecc) em 1967, professor titular do Imecc de 1968 a 1969 e membro-fundador do CLE, onde lançou o periódico The Journal of Non-Classical Logic, primeira publicação de circulação internacional na área, tendo sido o seu primeiro editor.

Foi um dos criadores da lógica paraconsistente. Aplicada em sistemas computacionais, essa se inclui entre as chamadas lógicas não-clássicas heterodoxas por derrogar alguns dos princípios basilares da lógica clássica, tais como o princípio da contradição: segundo a lógica paraconsistente uma sentença e a sua negação podem ser ambas verdadeiras.

Recebeu, entre diversas distinções, o Prêmio Moinho Santista em Ciências Exatas (1994), o Prêmio Jabuti em Ciências Exatas (1995) e a Medalha do Mérito Científico “Nicolau Copérnico” da Universidade de Torun, Polônia (1998). É membro titular do Instituto Internacional de Filosofia de Paris, o primeiro brasileiro a pertencer a essa instituição.

Publicou cerca de 250 trabalhos. São conhecidas mais de 1,5 mil citações de seus livros e artigos em mais de dez idiomas, incluindo traduções de livros para o chinês. É membro da Academia Brasileira de Filosofia.

Entre seus livros estão Introdução aos Fundamentos da Matemática (1961), Ensaio sobre os Fundamentos da Lógica (1979), Lógica Indutiva e Probabilidade (1993), todos relançados recentemente pela Hucitec, Logique Classique et Non-Classique (Masson, Paris, 1997), O conhecimento científico (Discurso Editorial, 1999) e Science and Partial Truth: A Unitary Approach to Models and Scientific Reasoning (Oxford University Press, 2003).

Leia mais sobre as contribuições científicas, as ideias e a vida de Newton da Costa:

 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados