Ministério da Saúde e NIH apoiarão pesquisas biomédicas | AGÊNCIA FAPESP

Chamada selecionará até 10 projetos colaborativos entre pesquisadores do Brasil e dos Estados Unidos. Cada projeto receberá US$ 175 mil anuais (foto: DarkoStojanovic / Pixabay)

Ministério da Saúde e NIH apoiarão pesquisas biomédicas

30 de janeiro de 2019

Agência FAPESP – O Ministério da Saúde do Brasil e o National Institutes of Health (NIH) dos Estados Unidos lançaram uma chamada conjunta para pesquisadores brasileiros que colaboram com cientistas norte-americanos. Os candidatos selecionados receberão apoio financeiro para estudos em várias linhas de pesquisa biomédica.

Serão selecionados de 8 a 10 projetos. Cada projeto receberá US$ 175 mil anuais e deverá concluir as pesquisas em até quatro anos. As áreas de pesquisa apoiadas pelo programa incluem alergia, imunologia e doenças infecciosas (incluindo Aids e suas comorbidades), distúrbios neurológicos e acidente vascular cerebral e ciências da saúde ambiental.

O NIH não estabelece critérios de titulação acadêmica para a submissão de propostas, mas avaliará o conhecimento das equipes de pesquisa, potencial impacto dos projetos, abordagem, potencial de inovação e instituições envolvidas.

As inscrições serão realizadas pelo sistema do NIH e estarão abertas até 8 de março de 2019. Deverá ser submetida uma proposta única para cada parceria. Os pesquisadores podem encaminhar uma carta de intenção até o dia 8 de fevereiro.

Mais informações: https://grants.nih.gov/grants/guide/rfa-files/RFA-AI-18-054.html.
 

  Republicar
 

Republicar

É permitida a republicação desta reportagem em meios digitais de acordo com a licença Creative Commons CC-BY-NC-ND. É obrigatório o cumprimento da Política de Republicação Digital de Conteúdo de Agência FAPESP, aqui especificada. Em resumo, o texto não deve ser editado e a autoria deve ser atribuída, assim como a fonte (Agência FAPESP). O uso do botão HTML permite o atendimento a essas normas. Em caso de reprodução apenas do texto, por favor, consulte a Política de Republicação Digital.


Assuntos mais procurados