Ipen inaugura espaço Marcello Damy | AGÊNCIA FAPESP

Espaço cultural abre com exposição sobre os 54 anos do Instituto Nacional de Pesquisas Nucleares (foto: M.Boyayan/Pesquisa FAPESP)

Ipen inaugura espaço Marcello Damy

08 de setembro de 2010

Agência FAPESP – O Instituto Nacional de Pesquisas Nucleares (Ipen) completou 54 anos no dia 30 de agosto e, entre os marcos comemorativos, esteve a inauguração, na quarta-feira (1º/9), do Espaço Cultural Professor Marcello Damy que abriga a exposição permanente “O Ipen e sua história”.

Instalado no quarto andar do prédio da administração do instituto, o Espaço Cultural foi batizado em homenagem ao físico que morreu em novembro passado e é um dos pioneiros da pesquisa nuclear brasileira e do ensino de física no país.

Entre outros feitos, Damy desenvolveu o primeiro reator nuclear brasileiro e foi um dos fundadores do Ipen, inaugurado com o nome de Instituto de Energia Atômica.

A mostra engloba 14 painéis, além de maquetes dos reatores IEA-R1 e IPEN-MB/01, e do irradiador multipropósito. A concepção das peças foi realizada pelo artista plástico Guto Lacaz e as visitas são monitoradas

As comemorações de aniversário do Ipen também envolvem uma exposição sobre os 50 anos da invenção do laser. Elaborada por técnicos do Centro de Lasers e Aplicações do instituto, a exposição traz painéis sobre a história, a técnica e as aplicações do laser. A mostra está instalada no corredor de acesso ao bloco A do instituto.

O Ipen fica na Av. Prof. Lineu Prestes, 2.242, Cidade Universitária, São Paulo (SP).

Mais informações: www.ipen.br
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados