Centro de pesquisa produz material de divulgação científica sobre o novo coronavírus | AGÊNCIA FAPESP

Centro de pesquisa produz material de divulgação científica sobre o novo coronavírus Ampliar a circulação de informações confiáveis sobre a pandemia é o objetivo das iniciativas promovidas pelo Centro de Inovação em Novas Energias, constituído por FAPESP e a petrolífera Shell (imagem: CINE/divulgação)

Centro de pesquisa produz material de divulgação científica sobre o novo coronavírus

06 de maio de 2020

Agência FAPESP * – O Centro de Inovação em Novas Energias (CINE) está fomentando uma série de ações para o enfrentamento da pandemia de COVID-19. O CINE é um Centro de Pesquisa em Engenharia (CPE) constituído pela FAPESP e pela Shell.

Uma das ações é a produção de conteúdos de divulgação científica que buscam ampliar a circulação de informações confiáveis sobre a pandemia. O canal do CINE no YouTube criou uma playlist temática sobre a COVID-19, com materiais em diferentes formatos e voltados a públicos diversos.

Uma das produções regulares para o canal é a série “COVID-19: Perguntas e Respostas”, que reúne dúvidas comuns sobre a doença, respondidas pelo médico infectologista, Bernardino Geraldo Alves Souto, docente da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar).

Até o momento, sete vídeos já estão disponíveis, abordando cuidados com a higienização de telefones celulares, roupas e sapatos usados em eventuais saídas de casa; a forma de transmissão da COVID-19 e como prevenir o contágio; se há algum papel para a vitamina D na prevenção da doença; e o uso do álcool em gel.

Mais 10 episódios já estão em produção, formulados a partir de quadro diário de perguntas e respostas veiculado originalmente no podcast Quarentena.

Outra iniciativa do CINE está sendo empreendida por Luiz Eduardo Camargo Aranha Schiavo, doutorando da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Schiavo está produzindo máscaras do tipo faceshield por impressão 3D para doação a Unidades Básicas de Saúde (UBS).

O doutorando adquiriu, com recursos próprios, insumos para a produção inicial de cerca de 50 máscaras. As faceshields são equipamentos reutilizáveis, após correta higienização. Usadas em conjunto com outros equipamentos de proteção individual (EPIs), como máscaras cirúrgicas, respiradores e/ou óculos, aumentam a proteção oferecida aos profissionais que estão atuando nos equipamentos de saúde.

* Com informações da equipe de divulgação do CINE.
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados