USP oferece curso de programação gratuito para garotas | AGÊNCIA FAPESP

USP oferece curso de programação gratuito para garotas Projeto busca estimular o ingresso de meninas em carreiras da área de computação. Inscrições até domingo (foto: Anastasia Gepp/Pixabay)

USP oferece curso de programação gratuito para garotas

21 de outubro de 2021

Agência FAPESP – O Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação da Universidade de São Paulo (ICMC-USP), em São Carlos, recebe até domingo (24/10) inscrições para a segunda turma do curso gratuito Meninas Programadoras.

O objetivo é ensinar habilidades iniciais de programação para meninas que cursam ou finalizaram recentemente o ensino médio. Além de ensinar habilidades de programação e propor a resolução de problemas por meio de aulas que combinam teoria e prática, o curso também busca motivar as meninas a ingressarem em carreiras da área de computação.

Com duração de quatro semanas, a capacitação será realizada 100% on-line, por meio de aulas ao vivo pelo Google Meet, sempre aos sábados, das 14h às 17h, e ainda contará com uma hora diária de exercícios individuais, de segunda a sexta-feira. Plantões de dúvida também serão oferecidos semanalmente a quem tiver interesse.

Para participar do curso é preciso ter um computador com acesso à internet. As vagas serão destinadas, prioritariamente, para alunas de escolas públicas.

A segunda turma começará no dia 30 de outubro e as inscrições devem feitas pelo site USP Digital. Por fim, as aulas do terceiro grupo terão início em 27 de novembro e as inscrições podem ser feitas de 1º a 20 de novembro, também pelo USP Digital.
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados