Série de vídeos apresenta estado da arte em pesquisa de materiais | AGÊNCIA FAPESP

Série de vídeos apresenta estado da arte em pesquisa de materiais Material de divulgação científica foi elaborado por pesquisadores ligados ao Centro de Desenvolvimento de Materiais Funcionais – um CEPID da FAPESP na UFSCar (imagem: CDMF/divulgação)

Série de vídeos apresenta estado da arte em pesquisa de materiais

23 de novembro de 2020

Agência FAPESP* – O Centro de Desenvolvimento de Materiais Funcionais (CDMF) lançou uma série de vídeos de divulgação científica intitulada “Estado da Arte”. O objetivo é apresentar o estágio atual de conhecimento nas áreas de atuação dos pesquisadores do grupo.

O CDMF é um Centro de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPID) da FAPESP sediado na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar).

Na estreia, Jussara Soares da Silva, doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Química (PPGQ) da UFSCar e integrante do CDMF, fala dos avanços obtidos em suas pesquisas com compósitos de hidroxiapatita com vanadato de prata, materiais que apresentam propriedades bactericidas e luminescentes.

No segundo vídeo da série, Marcelo de Assis, também doutorando no PPGQ, fala de pesquisas com parceiros em outros países sobre modificações das propriedades de semicondutores pela irradiação com laser de femtossegundo.

No terceiro vídeo, Amanda Fernandes Gouveia, que atualmente realiza pesquisa de pós-doutorado na Universitat Jaume I (Espanha), fala do controle de morfologia dos materiais e das relações entre morfologia e propriedades em semicondutores.

Todos os vídeos podem ser conferidos no canal do CDMF no YouTube e nos sites do CDMF e do LAbI.

* Com informações da Assessoria de Comunicação do CDMF.

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados