Pós-doutorado em radiofármacos no Ipen | AGÊNCIA FAPESP

Pós-doutorado em radiofármacos no Ipen Bolsista participará do desenvolvimento de práticas laboratoriais avançadas em qualificação química e isotópica de produtos que devem passar por avaliação em testes clínicos (foto: E. R. Paiva/IPEN/CNEN)

Pós-doutorado em radiofármacos no Ipen

11 de dezembro de 2020

Agência FAPESP – Uma oportunidade de pós-doutorado com bolsa da FAPESP está disponível no projeto “Capacitação científica, tecnológica e em infraestrutura em radiofármacos, radiações e empreendedorismo a serviço da saúde (PDIp)”. O prazo de inscrição se encerra no dia 23 de dezembro de 2020.

As atividades do projeto são exercidas no Centro de Química e Meio Ambiente do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (Ipen).

A pesquisa inclui o desenvolvimento de práticas laboratoriais avançadas em qualificação química e isotópica de radiofármacos e nanobiomateriais, para aplicação na saúde, via técnica de espectrometria de massas. Os radiofármacos produzidos no Ipen precisam ser avaliados por testes pré-clínicos para aprovação junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O candidato deve ter doutorado em farmácia, bioquímica, química, engenharia química ou áreas afins, e conhecimentos em: síntese e caracterização de materiais nanoestruturados; técnicas analíticas e desenvolvimento de kits liofilizados para administração sistêmica de fármacos. Além disso, exige-se experiência em desenvolvimento tecnológico, atividade industrial ou transferência de tecnologia no âmbito de produtos biomédicos para administração sistêmica.

Os candidatos devem enviar e-mail para egp02@ipen.br. Na mensagem devem ser anexados o currículo Lattes, uma carta de interesse apresentando brevemente seus resultados de pesquisa mais importantes publicados, projeto de pesquisa e comprovação de experiência em desenvolvimento tecnológico.

Mais informações sobre a vaga em: www.fapesp.br/oportunidades/4017.

A oportunidade de pós-doutorado está aberta a brasileiros e estrangeiros. O selecionado receberá Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de R$ 7.373,10 mensais e Reserva Técnica equivalente a 10% do valor anual da bolsa para atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Caso o bolsista de PD resida em domicílio fora da cidade na qual se localiza a instituição-sede da pesquisa e precise se mudar, poderá ter direito a um auxílio-instalação. Mais informações sobre a Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP estão disponíveis em www.fapesp.br/bolsas/pd.

Outras vagas de bolsas, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades, em www.fapesp.br/oportunidades.
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados