Pós-doutorado em imunologia e proteômica no LNBio-CNPEM | AGÊNCIA FAPESP

Pós-doutorado em imunologia e proteômica no LNBio-CNPEM Projeto estuda a relação do álcool no câncer de boca, investigando o microambiente propício à doença (foto: LNBio/divulgação)

Pós-doutorado em imunologia e proteômica no LNBio-CNPEM

06 de agosto de 2020

Agência FAPESP – O Projeto Temático “O papel do álcool na transformação de células orais mediada por vesículas extracelulares” recebe inscrição até 15 de agosto de 2020 para uma oportunidade de pós-doutorado com bolsa da FAPESP.

Conduzido no Laboratório Nacional de Biociências (LNBio), no Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), em Campinas, o projeto investiga a comunicação de fibroblastos não ativados e queratinócitos no contexto do microambiente imune e avalia seu papel no início da transformação em câncer por meio de vesículas extracelulares.

O candidato deverá ter o doutorado finalizado, com formação na área de imunologia, e apresentar interesse em proteômica.

Os interessados devem enviar uma carta de apresentação, currículo vitae e dois contatos de referência para a pesquisadora Adriana Paes Leme (adriana.paesleme@lnbio.cnpem.br), coordenadora do projeto.

Mais informações sobre a vaga em: www.fapesp.br/oportunidades/3765.

A oportunidade de pós-doutorado está aberta a brasileiros e estrangeiros. O selecionado receberá Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de R$ 7.373,10 mensais e Reserva Técnica equivalente a 15% do valor anual da bolsa para atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Caso o bolsista de PD resida em domicílio fora da cidade na qual se localiza a instituição-sede da pesquisa e precise se mudar, poderá ter direito a um auxílio-instalação. Mais informações sobre a Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP estão disponíveis em www.fapesp.br/bolsas/pd.

Outras vagas de bolsas, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades, em www.fapesp.br/oportunidades.
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados