PAPI tem novas chamadas | AGÊNCIA FAPESP

Programa de Apoio à Propriedade Intelectual seleciona propostas nas modalidades Capacitação e Institucional (foto:Leandro Negro/Agência FAPESP)

PAPI tem novas chamadas

15 de fevereiro de 2016

Agência FAPESP – A FAPESP anuncia a abertura de novas chamadas de propostas para o Programa de Apoio à Propriedade Intelectual (PAPI), nas modalidades Capacitação e Institucional.

A modalidade Capacitação apoia o aprimoramento dos conhecimentos técnico-científicos dos Núcleos de Inovação Tecnológica (NITs) das instituições de ensino superior e pesquisa do Estado de São Paulo.

A instituição sede deverá se comprometer com o afastamento remunerado dos membros da equipe que farão as visitas ou estágios em instituição no exterior.

As propostas serão recebidas na FAPESP até 15 de abril de 2016. A chamada está disponível em:www.fapesp.br/10000.

Na modalidade Institucional, instituições de ensino superior e pesquisa do Estado de São Paulo são apoiadas por meio do apoio ao registro e licenciamento de propriedade intelectual criada a partir dos resultados de pesquisas financiadas pela FAPESP.

O orçamento total apresentado à FAPESP poderá ser de até 50% do valor despendido nos dois anos anteriores com recursos próprios do NIT para a gestão da propriedade intelectual resultante de projetos de pesquisa financiados pela FAPESP.

A estimativa de contrapartida poderá incluir desembolsos para o pagamento de taxas, honorários para a prestação de serviços especializados para a redação do relatório descritivo do pedido de patente ou para o licenciamento das tecnologias e horas da equipe do NIT dedicadas à gestão e licenciamento da propriedade intelectual resultante de pesquisas financiadas pela FAPESP.

A apresentação das propostas pode ser feita até 15 de abril de 2016.

A chamada está disponível em: www.fapesp.br/10001.
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados