Nanoarte brasileira será apresentada em exposição franco-chinesa | AGÊNCIA FAPESP

Nanoarte brasileira será apresentada em exposição franco-chinesa Com o tema “Metamorfose”, mostra virtual ocorrerá entre os meses de maio e junho. Os artistas apresentarão suas percepções sobre a pandemia de COVID-19 (imagem: CDMF/divulgação)

Nanoarte brasileira será apresentada em exposição franco-chinesa

29 de abril de 2021

Agência FAPESP* – O artista plástico Enio Longo representará o Centro de Desenvolvimento de Materiais Funcionais (CDMF) e o Brasil na exposição internacional França-China Arte-Expo, com curadoria de Jean Jacques Humbert, da França.

O CDMF é um Centro de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPID) da FAPESP sediado na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar).

Com o tema “Metamorfose”, a exposição virtual está prevista para os meses de maio e junho de 2021. Trará percepções dos artistas sobre a pandemia de COVID-19, com expressões de esperança e renascimento de uma nova era para os seres humanos, assim como expressões de pessimismo sobre o futuro.

Enio Longo trabalha com nanoarte, mostrando as interfaces da natureza, ciência e arte, tendo por base imagens obtidas por intermédio de microscópios eletrônicos de alta precisão geradas na análise de diversos tipos de materiais nos laboratórios do CDMF.

* Com informações da Assessoria de Comunicação do CDMF.
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados