Mestrado em imunidade inata no Centro de Hematologia e Hemoterapia da Unicamp | AGÊNCIA FAPESP

Mestrado em imunidade inata no Centro de Hematologia e Hemoterapia da Unicamp Duas vagas estão disponíveis em projeto que analisa os mecanismos envolvidos na ativação e desregulação de subpopulações de células dendríticas na anemia falciforme (imagem: Wikimedia Commons)

Mestrado em imunidade inata no Centro de Hematologia e Hemoterapia da Unicamp

24 de setembro de 2021

Agência FAPESP – Duas vagas de mestrado com bolsa da FAPESP são oferecidas pelo projeto “Células dendríticas na anemia falciforme: mecanismos moleculares envolvidos na regulação da inflamação e da resposta imune adaptativa”. As inscrições devem ser feitas até 30 de setembro de 2021.

Desenvolvido no Centro de Hematologia e Hemoterapia da Universidade Estadual de Campinas (Hemocentro-Unicamp), o projeto analisa os mecanismos envolvidos na ativação e desregulação de algumas subpopulações de células dendríticas na doença falciforme e o papel da citocina interferon-1 (IFN-I) nas complicações decorrentes da doença.

Os interessados devem enviar e-mail para a pesquisadora Renata Sesti Costa (renata.sesti@gmail.com) com o assunto “Bolsa de Mestrado”. A mensagem deve conter: currículo Lattes, histórico escolar de graduação e carta de interesse com duas referências de ex-professores. O processo de seleção consistirá na análise dos documentos e entrevista (presencial ou por videoconferência).

Mais informações sobre as vagas em: www.fapesp.br/oportunidades/4486.

Os requisitos e benefícios da bolsa mestrado da FAPESP estão disponíveis no site www.fapesp.br/bolsas/ms.

Outras vagas de bolsas, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades, em www.fapesp.br/oportunidades.
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados