Material à base de carbono se mostra eficaz na remoção de poluente ambiental | AGÊNCIA FAPESP

Material à base de carbono se mostra eficaz na remoção de poluente ambiental Testes feitos no Centro de Desenvolvimento de Materiais Funcionais da UFSCar comprovaram que o material tem alta capacidade de remover da água o herbicida atrazina, banido em diversos países e amplamente usado no Brasil (imagem: CDMF/divulgação)

Material à base de carbono se mostra eficaz na remoção de poluente ambiental

23 de janeiro de 2023

Agência FAPESP* – Embora banido em diversos países, o herbicida atrazina é o segundo mais usado no Brasil. No Cerrado, por exemplo, é empregado para combater ervas daninhas que afetam a cultura do milho. Também é comumente aplicado em plantações de cana-de-açúcar. Devido à alta solubilidade do composto e sua lenta degradação em condições naturais, tem sido considerado um poluente emergente principalmente em ecossistemas aquáticos, representando um risco à saúde humana, à flora e à fauna.

Estudo conduzido no Centro de Desenvolvimento de Materiais Funcionais (CDMF) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) pode, no futuro, ajudar a remediar o problema.

Os pesquisadores produziram materiais à base de carbono grafítico poroso modificado com óxidos de ferro – o que confere propriedades magnéticas. Por meio de diferentes testes, parte deles feito com amostras de água coletadas em locais contaminados, os pesquisadores comprovaram que o material tem alta capacidade de remover a atrazina do meio líquido por meio de um processo chamado adsorção (adesão de moléculas de um fluido a uma superfície sólida).

Os resultados da pesquisa foram descritos na Environmental Research.

“A publicação deste artigo em uma revista de alto impacto no campo das ciências ambientais foi possível devido à eficiência do material, mas principalmente porque estudos utilizando amostras ambientais foram feitos para comprovar essa aplicabilidade em condições naturais”, comenta Ailton José Moreira, coautor do estudo e integrante do CDMF, um Centro de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPID) da FAPESP.

Também participaram do projeto Ernesto Chaves Pereira, professor da UFSCar, e a equipe supervisionada por Roberto Bertholdo na Universidade Federal de Alfenas.

O artigo Evaluation of a graphitic porous carbon modified with iron oxides for atrazine environmental remediation in water by adsorption pode ser encontrado em: www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S0013935122023817.

*Com informações do Centro de Desenvolvimento de Materiais Funcionais, um CEPID apoiado pela FAPESP.
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados