Grupo da Unicamp busca voluntários para testar novo medicamento contra o colesterol | AGÊNCIA FAPESP

Grupo da Unicamp busca voluntários para testar novo medicamento contra o colesterol Podem participar pessoas entre 18 e 75 anos, com altos níveis de triglicérides e de colesterol e que ainda não estejam em tratamento (foto: Steve Buissinne/Pixabay)

Grupo da Unicamp busca voluntários para testar novo medicamento contra o colesterol

04 de janeiro de 2023

Agência FAPESP – Pesquisadores do Hospital de Clínicas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) buscam voluntários para o teste de um novo medicamento à base de urucum para o controle do colesterol. O fármaco tem como princípio ativo o tocotrienol, um nutriente que pertence à família da vitamina E.

A pesquisa é conduzida por cientistas ligados ao Centro de Pesquisa em Obesidade e Comorbidades (OCRC), um Centro de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPID) financiado pela FAPESP e com sede na Unicamp. O projeto é coordenado pelos professores Licio Augusto Velloso e Mary Ann Foglio.

Podem se candidatar pessoas entre 18 e 75 anos, com altos níveis de triglicérides (150mg/dL) e de colesterol (100mg/dL) e que não fazem uso de medicação para esse fim. Os voluntários não podem ter alergia ao urucum e seus derivados.

Para confirmar a participação na pesquisa, serão realizados exames de colesterol, triglicerídeos, glicemia, enzimas hepáticas e renais. As avaliações serão realizadas no Hospital de Clínicas da Unicamp.

Os interessados devem entrar em contato pelo telefone/WhatsApp (19) 98315-2781 ou pelo e-mail tocotrienol@unicamp.br.

Mais informações em https://ocrc.org.br/8551-2/.
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados