FAPESP lança chamada de propostas com agência sul-coreana | AGÊNCIA FAPESP

FAPESP lança chamada de propostas com agência sul-coreana Edital visa apoiar projetos colaborativos com até dois anos de duração em todas as áreas do conhecimento. Prazo de submissão vai até 30 de junho (foto: Léo Ramos Chaves/Pesquisa FAPESP)

FAPESP lança chamada de propostas com agência sul-coreana

05 de maio de 2022

Agência FAPESP – A FAPESP e a National Research Foundation of Korea (NRF), da Coreia do Sul, lançaram uma chamada de propostas voltada a apoiar pesquisas colaborativas em todas as áreas do conhecimento.

Trata-se do terceiro edital promovido pelas instituições que, desde outubro de 2019, mantêm um acordo de cooperação para fomento a pesquisas bilaterais.

Serão aceitas propostas elaboradas conjuntamente por um cientista vinculado a uma instituição de pesquisa e ensino superior no Estado de São Paulo e outro de instituição sul-coreana.

Pesquisadores vinculados a institutos paulistas têm até 30 de junho para submeter propostas por meio do Sistema de Apoio à Gestão (SAGe). A mesma proposta deverá ser submetida à NRF pelo parceiro sul-coreano, obedecendo ao mesmo prazo.

Os projetos selecionados no edital terão duração de até 24 meses e receberão da FAPESP financiamento de até R$ 150 mil por ano (por proposta). A NRF será responsável pela dotação de recursos à parte sul-coreana do projeto.

Os orçamentos de ambas as partes não precisam ser iguais, mas os projetos devem ser executados simultaneamente e com mesma duração pelas duas equipes, que devem dedicar comprometimento e esforços equivalentes à iniciativa. Pesquisadores do Estado de São Paulo devem formular as propostas de acordo com as condições da modalidade de apoio Auxílio à Pesquisa – Regular.

A chamada está publicada em: fapesp.br/15446/.
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados