Exposição sobre Marie Curie será inaugurada hoje na USP | AGÊNCIA FAPESP

Cerimônia de abertura, no Instituto de Ciências Biomédicas, terá palestras sobre o papel da mulher na ciência e sobre a trajetória da cientista polonesa (foto: divulgação)

Exposição sobre Marie Curie será inaugurada hoje na USP

06 de março de 2020

Agência FAPESP – O Instituto de Ciências Biomédicas (ICB) da Universidade de São Paulo (USP), com apoio do Consulado Geral da França em São Paulo, inaugura nesta sexta-feira (06/03) a exposição “Trajetória de Marie Curie”.

A cientista polonesa foi premiada com dois prêmios Nobel, em Física (1903) e em Química (1911), e tornou-se a primeira mulher a receber tal reconhecimento. Marie Curie estudou na Universidade de Sorbonne, na França, e suas pesquisas sobre radioatividade, termo criado por ela, resultaram na descoberta de dois novos elementos químicos em 1898: o polônio e o rádio.

A cerimônia de abertura da mostra contará com a participação do professor Luís Carlos de Souza Ferreira, diretor do ICB-USP; do cônsul-geral da França em São Paulo, Brieuc Pont; e das professoras Maria Arminda do Nascimento Arruda, da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, e Estela Maris Andrade Bevilacqua, do ICB-USP.

Na abertura, haverá palestras sobre o papel na ciência e sobre a vida e trajetória acadêmica de Marie Curie.

A cerimônia ocorrerá das 11h às 12h30, na Sala da Congregação do ICB, situada na av. Prof. Lineu Prestes, 2.415, Cidade Universitária, São Paulo. A exposição estará aberta até o dia 6 de maio de 2020.

Mais informações em: https://bit.ly/2PMIccC.
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados