Estudo pode favorecer a síntese de mesocristais para aplicações tecnológicas diversas | AGÊNCIA FAPESP

Estudo pode favorecer a síntese de mesocristais para aplicações tecnológicas diversas Trabalho desenvolvido por pesquisadores ligados ao Centro de Desenvolvimento de Materiais Funcionais da UFSCar foi destaque de capa do periódico The Journal of Physical Chemistry C (imagem: CDMF/divulgação)

Estudo pode favorecer a síntese de mesocristais para aplicações tecnológicas diversas

10 de maio de 2021

Agência FAPESP* – Um estudo brasileiro sobre os mecanismos físicos envolvidos no processo de crescimento de mesocristais foi escolhido como destaque de capa da edição mais recente do periódico The Journal of Physical Chemistry C. Os resultados podem contribuir para facilitar o processo de síntese desse material, que possui aplicações tecnológicas diversas.

O trabalho foi conduzido por Giovani Faccin, da Universidade Federal da Grade Dourados (UFGD), Zenner Pereira, da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa), e Edison da Silva, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Os pesquisadores são ligados ao Centro de Desenvolvimento de Materiais Funcionais (CDMF), um Centro de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPID) da FAPESP sediado na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar).

A pesquisa revela os mecanismos físicos presentes em processos de crescimento de mesocristais durante a agregação orientada espontânea de nanocristais de prata metálica. A agregação orientada é um processo em que a auto-organização espontânea de nanocristais adjacentes resulta no crescimento de cristais pela adição de partículas sólidas que compartilham uma orientação cristalográfica comum.

Mesocristal é uma estrutura composta por numerosos pequenos cristais de tamanho e forma semelhantes, dispostos regularmente. É uma forma de agregação orientada, onde os pequenos cristais têm alinhamento cristalográfico paralelo, mas são espacialmente separados.

Os mesocristais possuem propriedades físicas e químicas muito distintas que podem ser exploradas para aplicações tecnológicas, o que inclui fotocatalisadores heterogêneos, eletrodos, optoeletrônicos, materiais biomédicos e materiais estruturais leves.

Com o propósito de responder algumas questões que permaneceram em aberto no tema, o trabalho empregou a simulação computacional para estudar a interação entre modelos de nanocristais de prata similares aos observados experimentalmente.

O artigo How Crystallization Affects the Oriented Attachment of Silver Nanocrystals pode ser lido em https://pubs.acs.org/doi/pdf/10.1021/acs.jpcc.0c10321.

* Com informações da Assessoria de Comunicação do CDMF.
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados