Especialista em bioenergia Sérgio Trindade morre aos 79 anos | AGÊNCIA FAPESP

Brasileiro que morava em Nova Iorque desenvolveu insuficiência respiratória após contrair COVID-19. Engenheiro trabalhou em parceria com pesquisadores do Programa BIOEN-FAPESP no Comitê Científico para Problemas do Ambiente da ONU (foto: arquivo pessoal)

Especialista em bioenergia Sérgio Trindade morre aos 79 anos

20 de março de 2020

Agência FAPESP – O engenheiro químico Sérgio Campos Trindade faleceu no dia 18 de março, aos 79 anos, em Nova Iorque (Estados Unidos), em decorrência de complicações associadas à COVID-19.

Grande incentivador da energia renovável, Trindade atuava como consultor em negócios sustentáveis. Era membro do Comitê Científico para Problemas do Ambiente (Scope, na sigla em inglês) – agência intergovernamental associada à Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), na qual atuou em parceria com pesquisadores do Programa FAPESP de Pesquisa em Bioenergia (BIOEN). Recebeu em 2007 o Prêmio Nobel da Paz ao lado de outros integrantes do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC).

Em seu último artigo, publicado no Journal Biofuels, Trindade faz uma revisão das principais conclusões do relatório Scope e apresenta uma série de ideias sobre como avançar na expansão sustentável da bioenergia.
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados