Edital pretende reunir empresas e pesquisadores em projetos de pesquisa e inovação | AGÊNCIA FAPESP

Edital pretende reunir empresas e pesquisadores em projetos de pesquisa e inovação Na UFSCar, o objetivo é contribuir para o aumento da capacidade inovadora e o desenvolvimento científico-tecnológico do país. Inscrições até 28 de junho (imagem: Pixabay)

Edital pretende reunir empresas e pesquisadores em projetos de pesquisa e inovação

17 de junho de 2020

Agência FAPESP * – O edital de Mestrado e Doutorado para Inovação – MAI/DAI, aberto pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), prevê a colaboração entre empresas e a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) no desenvolvimento de projetos de pesquisa e inovação tecnológica.

Todas as empresas interessadas podem participar. A indicação é para que as empresas busquem professores da UFSCar para alinhamento da proposta e submissão conjunta. Para tanto, é possível usar a ferramenta de busca SAGINWeb, disponível no Portal da Agência de Inovação da UFSCar.

O Programa de Mestrado e Doutorado Acadêmico para Inovação conta com 10 bolsas de mestrado, 10 de doutorado e até 60 de iniciação tecnológica. As bolsas serão custeadas pelo CNPq, cabendo às empresas apoiarem o desenvolvimento das pesquisas por meio de contrapartida prevista no edital do processo.

O prazo para inscrição vai até 28 de junho de 2020. Os interessados devem preencher formulário on-line.

Mais informações em: http://ain.ufscar.br/MAI_DAI/.

*Com informações da Coordenadoria de Comunicação Social da UFSCar.
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados