Diretora da Poli-USP é reconhecida líder de destaque pelo Gender STI | AGÊNCIA FAPESP

Liedi Bernucci está entre as 22 mulheres de 11 países consideradas líderes excepcionais em ciência, tecnologia e inovação (foto: Associação dos Engenheiros Politécnicos/divulgação)

Diretora da Poli-USP é reconhecida líder de destaque pelo Gender STI

16 de março de 2021

Agência FAPESP *Liedi Bernucci, diretora da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP) e membro do Conselho Superior da FAPESP, está entre as 22 mulheres, de 11 países, indicadas como líderes excepcionais em ciência, tecnologia e inovação, pelo projeto internacional de pesquisa Gender STI.

O reconhecimento faz parte da campanha “Women in Leadership”, realizada para celebrar o Dia Internacional da Mulher.

“As mulheres enfrentam dificuldades e preconceitos muitas vezes subliminares. Vencer o preconceito é uma conquista passo a passo. Acredito que criei um escudo de proteção, uma armadura, que me deu mais força para lutar contra o preconceito. Em geral, as mulheres procuram se fazer melhores do que os homens para serem respeitadas, mas, na minha opinião, isso é um equívoco porque é na diversidade de ideias que avançamos”, afirmou Bernucci em entrevista ao site do Gender STI.

O projeto Gender STI analisa a participação das mulheres nos diálogos de ciência, tecnologia e inovação (STI, na sigla em inglês) na Europa e outros países. O projeto se concentra nas áreas de igualdade de gênero nas carreiras científicas, equilíbrio de gênero na tomada de decisões e integração da dimensão de gênero no conteúdo de Pesquisa e Inovação.

*Com informações da Escola Politécnica da USP.

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados