Curso gratuito sobre criação e manejo de zebrafish recebe inscrições | AGÊNCIA FAPESP

Iniciativa é oferecida pela Plataforma Zebrafish do Centro de Pesquisa em Toxinas, Resposta-Imune e Sinalização Celular, um CEPID da FAPESP no Instituto Butantan (foto: acervo Instituto Butantan)

Curso gratuito sobre criação e manejo de zebrafish recebe inscrições

03 de outubro de 2019

Agência FAPESP – A Plataforma Zebrafish do Centro de Pesquisa em Toxinas, Resposta Imune e Sinalização Celular (CeTICS) realiza a quinta edição do curso de extensão universitária Criação e Manejo de Zebrafish entre 4 e 8 de novembro de 2019, em São Paulo.

O CeTICS é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPID) da FAPESP, com sede no Instituto Butatan.

A capacitação é voltada para profissionais e estudantes de pós-graduação que usam o zebrafish como modelo animal. O programa aborda as características físicas, reprodução, crescimento, alimentação do peixe e as condições ideais para um biotério de zebrafish.

Os participantes poderão acompanhar também a criação do peixe na Plataforma Zebrafish do Instituto Butantan e o uso do animal em ações de divulgação de ciência.

O curso é gratuito, com disponibilidade para 30 vagas. Os interessados devem enviar uma justificativa para sua participação e o currículo Lattes resumido (por meio de arquivos anexados em PDF) para o e-mail difusao.cetics@butantan.org.br até o dia 11 de outubro.

A lista de aprovados será divulgada por meio do site do CeTICS a partir de 18 de outubro. Os candidatos admitidos serão convocados por e-mail e deverão confirmar participação até 25 de outubro.

Mais informações: https://bit.ly/2mT6d6m.
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados