Curso de Microscopia Eletrônica de Transmissão tem inscrições abertas | AGÊNCIA FAPESP

Curso é voltado para graduados, mestrandos, doutorando e pesquisadores das comunidades acadêmicas e empresariais (foto: LNNano)

Curso de Microscopia Eletrônica de Transmissão tem inscrições abertas

01 de setembro de 2015

Agência FAPESP – O Laboratório de Microscopia Eletrônica (LME) do Laboratório Nacional de Nanotecnologia (LNNano) realizará a 6ª edição do Transmission Electron Microscopy (TEM) Summer School entre 11 e 29 de janeiro de 2016. A escola tem o apoio da FAPESP.

O curso é voltado para recém-formados na graduação, estudantes de mestrado e doutorado e pesquisadores em Engenharia, Ciência dos Materiais, Física, Química e outras áreas correlatas, das comunidades acadêmicas e empresariais. As inscrições vão até o dia 20 de setembro de 2015.

A escola oferece um treinamento em técnicas de caracterização de materiais utilizando a microscopia eletrônica de transmissão. Ao longo de três semanas, serão apresentados aos participantes conceitos teóricos e práticos, em aulas ministradas por pesquisadores de renome no campo da microscopia eletrônica, ligados a importantes institutos de pesquisa e a universidades do Brasil e do mundo.

Na terceira semana, participantes selecionados terão acesso às instalações do LNNano para as aulas práticas nos microscópios disponíveis para uso externo.

As inscrições devem ser feitas no site pages.cnpem.br/temsummerschool/how-to-participate/.

Desde a 4ª edição, o Laboratório disponibiliza parte das aulas teóricas no canal do LNNano no Youtube, que podem ser visualizadas em forma de playlist ou em vídeos unitários.

Como nas demais edições, o curso será realizado no campus do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), em Campinas.

Para mais informações, acesse o site pages.cnpem.br/temsummerschool.
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados