Centro de Pesquisa para Inovação em Gases de Efeito Estufa oferece duas vagas de pós-doutorado | AGÊNCIA FAPESP

Centro de Pesquisa para Inovação em Gases de Efeito Estufa oferece duas vagas de pós-doutorado Uma das oportunidades é para construir um sistema computacional que integre dados associados à emissão de gases de efeito estufa na Amazônia. A outra tratará de projeções espaciais das mudanças no uso da terra (foto: Ibama)

Centro de Pesquisa para Inovação em Gases de Efeito Estufa oferece duas vagas de pós-doutorado

08 de abril de 2022

Agência FAPESP* – O Centro de Pesquisa para Inovação em Gases de Efeito Estufa (RCGI) oferece duas oportunidades de pós-doutorado com bolsa da FAPESP.

O RCGI é um Centro de Pesquisa em Engenharia (CPE) constituído por FAPESP e Shell na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP).

O selecionado para uma das vagas terá a missão de construir um sistema computacional que integre dados associados à emissão de gases de efeito estufa na Amazônia, incluindo mudanças do uso do solo, sensoriamento remoto de gases de efeito estufa, parâmetros meteorológicos; dados de degradação florestal, medidas in situ no solo e em torres de fluxos e concentrações de gases de efeito estufa na Amazônia.

O candidato deve ter formação em física, química, engenharias, computação ou matemática. A oportunidade requer conhecimentos de programação preferencialmente em Python. É desejável conhecimento de técnicas de tratamento de dados, ciclos biogeoquímicos e dos processos atmosféricos. As inscrições devem ser feitas até 15 de abril.

O segundo bolsista trabalhará com projeções espacialmente explícitas das mudanças no uso da terra associadas à meta do Brasil de restaurar 15 milhões de hectares de pastagens, e o orçamento de carbono associado e prestação de serviços ecossistêmicos de acordo com diferentes cenários de gestão da terra.

A oportunidade requer experiência em programação em Python, Fortran, C++ ou outra linguagem computacional similar, bem como em modelagem de mudança de uso da terra. Também é requerido bom registro de publicações científicas relacionadas ao tema e habilidade de dialogar com tomadores de decisão e pesquisadores de áreas distintas. O candidato deve ser doutor em ecologia, geografia, computação, engenharia ou áreas afins. As inscrições devem ser feitas até 31 de maio.

As inscrições devem ser feitas pelo site do RCGI, acessando, respectivamente, os códigos REF 22PDR162 e REF 22PDR163.

Mais informações sobre as vagas em: www.fapesp.br/oportunidades/4932 e www.fapesp.br/oportunidades/4916.

As oportunidades de pós-doutorado estão abertas a brasileiros e estrangeiros. Os selecionados receberão Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de 8.479,20 mensais e Reserva Técnica equivalente a 10% do valor anual da bolsa para atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Caso os bolsistas de PD residam em domicílio fora da cidade na qual se localiza a instituição-sede da pesquisa e precisem se mudar, poderão ter direito a um auxílio-instalação. Mais informações sobre a Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP estão disponíveis em www.fapesp.br/bolsas/pd.

Outras vagas de bolsas, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades, em www.fapesp.br/oportunidades.

*Notícia atualizada em 13 de abril de 2022

 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados