Centro Cultural do Ministério da Saúde inaugura exposição de nanoarte | AGÊNCIA FAPESP

Centro Cultural do Ministério da Saúde inaugura exposição de nanoarte Mostra reúne mais de 70 obras produzidas a partir da captação de imagens de materiais em escala nanométrica. Parte foi feita com apoio da FAPESP pela equipe do Centro de Desenvolvimento de Materiais Funcionais da UFSCar (foto: Luiz Baltar/CCMS)

Centro Cultural do Ministério da Saúde inaugura exposição de nanoarte

03 de outubro de 2022

Agência FAPESP – Foi inaugurada em 19 de setembro, no Centro Cultural do Ministério da Saúde, em Brasília, a exposição Nanoarte, que reúne mais de 70 obras produzidas a partir da captação de imagens de materiais em escala nanométrica, além de um painel interativo disponível para os visitantes.

Parte do material foi produzida por integrantes do Centro de Desenvolvimento de Materiais Funcionais (CDMF) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), que é apoiado pela FAPESP por meio do programa Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs).

A nanoarte é uma expressão artística recente. Durante o processo de colorização digital das imagens captadas por microscópios potentes, figuras variadas, algumas semelhantes a objetos do cotidiano, surgem. É dessa forma que artistas e pesquisadores transformam em arte as faces invisíveis a olho nu de inúmeros materiais.

Até 25 de novembro, a exposição estará aberta a todos os interessados em descobrir o que é nanoarte e como criá-la, bem como em aprender a história da nanotecnologia. A mostra pode ser visitada gratuitamente no túnel de ligação entre os edifícios Sede e Anexo do Ministério da Saúde, localizado na Esplanada dos Ministérios, em Brasília.
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados