Aplicativo gratuito para Android ensina conceitos de física de partículas para leigos | AGÊNCIA FAPESP

“As Partículas” é uma iniciativa de divulgação científica do Centro de Pesquisa e Análise de São Paulo e está disponível na loja Google Play (imagem: SPRACE/divulgação)

Aplicativo gratuito para Android ensina conceitos de física de partículas para leigos

16 de julho de 2021

Agência FAPESP – O Centro de Pesquisa e Análise de São Paulo (SPRACE) lançou uma versão em português do aplicativo educacional “As Partículas”, disponível gratuitamente para usuários do sistema Android.

O SPRACE é um grupo de pesquisa apoiado pela FAPESP que atua no experimento Compact Muon Solenoid (CMS), da Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear (CERN), e é focado em física de altas energias, instrumentação científica, computação de alto desempenho e inovação digital.

Originalmente desenvolvido por Frank Close, físico emérito na Universidade de Oxford (Reino Unido), o app visa levar conhecimento cientificamente preciso sobre física de partículas de maneira fácil e simples para um público amplo e diversificado, desde estudantes do ensino fundamental, médio ou superior até pessoas interessadas pela área que não possuem formação científica.

Além de explicar as descobertas dos séculos 20 e 21 de maneira didática, “As Partículas” mostra também todo o conhecimento gerado ao longo dos últimos cem anos. O aplicativo explica, por exemplo, a Teoria do Modelo Padrão, que trata das partículas fundamentais que conhecemos hoje e como elas interagem entre si. É possível aprender sobre quarks, que formam prótons e nêutrons, e sobre os mais recentes avanços científicos, como a observação do bóson de Higgs pela primeira vez em 2012 no Large Hadron Collider (LHC), o principal acelerador de partículas da CERN.

Entre os diferenciais do aplicativo estão seu glossário com definições de conceitos-chave e uma pequena biografia dos mais importantes cientistas da área. Além disso, “As Partículas” é ilustrado por imagens e fotos, que ajudam os usuários a compreender seu conteúdo. Quem baixá-lo poderá ver, por exemplo, imagens reais de colisões de partículas observadas pelos detectores do LHC.

Anteriormente, o app estava disponível apenas em inglês para usuários do sistema operacional iOS, a um custo de US$ 8. Observando a pequena quantidade de conteúdo disponível sobre física de partículas de alta qualidade na língua portuguesa, o SPRACE obteve da editora inglesa Science Photo Library a autorização para traduzir e disponibilizar o aplicativo em troca da versão Android em inglês.

Em uma iniciativa para tentar levar conceitos de física para os estudantes do ensino médio, o SPRACE está em contato com a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo com o intuito de disponibilizar o aplicativo nos tabletes que foram distribuídos às escolas.

Os interessados podem baixar “As Partículas” na loja Google Play.
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados