Treinamento técnico em desenvolvimento de biofármacos em empresa apoiada pelo PIPE | AGÊNCIA FAPESP

Treinamento técnico em desenvolvimento de biofármacos em empresa apoiada pelo PIPE Oportunidade é oferecida pela startup Krabs Biotechnology, situada em São Bernardo do Campo. Candidato deve ter experiência em cultivo de células e em produção de proteínas recombinantes (foto: Michal Jarmoluk/Pixabay)

Treinamento técnico em desenvolvimento de biofármacos em empresa apoiada pelo PIPE

07 de outubro de 2021

Agência FAPESP – A startup Krabs Biotechnology, situada em São Bernardo do Campo e apoiada pelo Programa Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE), oferece uma vaga de treinamento técnico nível três (TT-3) vinculada ao projeto Geração de biofármacos para tratamento de doenças dermatológicas. Interessados podem se inscrever até domingo (10/10).

A carga horária será de 40 horas semanais e a duração de nove meses. O candidato deve ser formado em ensino superior (ciências biológicas, biotecnologia, biomedicina ou áreas correlatas) e apresentar um bom histórico de graduação, sem reprovações. Também não pode ter vínculo empregatício.

A Krabs Biotechnology é uma empresa de biotecnologia voltada para o desenvolvimento de novos fármacos. O profissional irá auxiliar no desenvolvimento do projeto, atuando principalmente no cultivo de células eucariotas (células de inseto e de mamíferos).

É desejável que o candidato tenha experiência em cultivo de células e em produção de proteínas recombinantes, operação de sistema AKTA, e seja capaz de atuar de forma independente quando necessário, além de ter conhecimento das técnicas rotineiras de biologia molecular.

Os interessados devem enviar e-mail para contato@krabs.com.br contato@krabs.com.br ou marcelo@krabs.com.br com os seguintes documentos: currículo Lattes; histórico escolar da graduação; e carta de intenções/interesse com no máximo duas páginas.

Mais informações sobre a vaga em: www.fapesp.br/oportunidades/4554.

A Bolsa de TT-3 tem valor de R$ 1.228,40 mensais. É direcionada a graduados do nível superior, sem reprovações no histórico escolar e sem vínculo empregatício. A dedicação deverá ser de 16 a 40 horas semanais às atividades de apoio ao projeto de pesquisa. O tempo de bolsa TT-3 será descontado no caso de o interessado vir a usufruir de bolsa de mestrado ou doutorado direto.

Mais informações sobre as bolsas de Treinamento Técnico da FAPESP: www.fapesp.br/bolsas/tt.

Outras vagas de bolsas, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades, em www.fapesp.br/oportunidades.
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados