Treinamento técnico em biotecnologia de plantas com bolsa da FAPESP | AGÊNCIA FAPESP

Projeto no Instituto de Biociências da USP visa identificar mecanismos moleculares e fisiológicos que modulam a embriogênese do pinheiro brasileiro (foto: FML / Wikipedia)

Treinamento técnico em biotecnologia de plantas com bolsa da FAPESP

12 de dezembro de 2018

Agência FAPESP – Uma vaga de Treinamento Técnico nível três (TT-3), com Bolsa da FAPESP, está disponível no projeto Jovens Pesquisadores “Análises fisiológicas e do S-nitroproteoma durante a embriogênese in vitro e in vivo do pinheiro brasileiro (Araucaria angustifolia (Bertol.) Kuntze)”. A inscrição deve ser feita até 15 de dezembro de 2018.

O objetivo do projeto é identificar mecanismos moleculares e fisiológicos que modulam a embriogênese do pinheiro brasileiro e superar a recalcitrância in vitro para o desenvolvimento embriogênico na espécie. O bolsista participará da manutenção de linhagens embriogênicas in vitro, quantificação de níveis endógenos de óxido nítrico, análise proteômica de proteínas s-nitrosiladas, análise do perfil de poliaminas livres e conjugadas.

Os candidatos devem ser graduados em Biologia, Farmácia ou Química. Os interessados pela oportunidade devem enviar e-mail para o coordenador do projeto, o professor André Luis Wendt dos Santos (alwsantos6@gmail.com).

Mais informações sobre a vaga: www.fapesp.br/oportunidades/2545.

A Bolsa de TT-3 tem valor de R$ 1.228,40 mensais. É direcionada a graduados do nível superior, sem reprovações no histórico escolar e sem vínculo empregatício. A dedicação deverá ser de 16 a 40 horas semanais às atividades de apoio ao projeto de pesquisa. O tempo de bolsa TT-3 será descontado no caso de o interessado vir a usufruir de Bolsa de Mestrado ou Doutorado Direto.

Mais informações sobre as bolsas de Treinamento Técnico da FAPESP: www.fapesp.br/bolsas/tt.

Outras vagas de bolsas, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades, em www.fapesp.br/oportunidades.
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados