Pós-doutorado em Síntese Orgânica com Bolsa da FAPESP | AGÊNCIA FAPESP

Pós-doutorado em Síntese Orgânica com Bolsa da FAPESP O bolsista integrará equipe de Projeto Temático sobre doença de Chagas; prazo de inscrição encerra em 1º de janeiro de 2017 (Imagem: Wikimedia Commons)

Pós-doutorado em Síntese Orgânica com Bolsa da FAPESP

15 de dezembro de 2016

Agência FAPESP – O Instituto de Química da Universidade de São Paulo (USP) de São Carlos oferece uma oportunidade de Pós-doutorado em Síntese Orgânica com bolsa da FAPESP. O prazo de inscrição encerra em 1º de janeiro de 2017.

O bolsista integrará a equipe do Projeto Temático “Planejamento, síntese e atividade tripanossomicida de inibidores covalentes reversíveis da enzima cruzaína”, cujo tema central é a doença de Chagas.

Os candidatos devem ter o título de doutor com sólida formação em síntese orgânica (planejamento e execução de novas rotas de síntese visando a síntese de moléculas inéditas.

Os interessados deverão enviar currículo com esquema resumido sobre o trabalho de síntese realizado no doutorado e uma carta de intenções para o pesquisador principal do projeto, Antonio Burtoloso, no endereço antonio@iqsc.usp.br.

A oportunidade está publicada em www.fapesp.br/oportunidades/1341/.

O selecionado receberá Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de R$ 6.819,30 mensais e Reserva Técnica. A Reserva Técnica de Bolsa de PD equivale a 15% do valor anual da bolsa e tem o objetivo de atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Caso o bolsista de PD resida em domicílio diferente e precise se mudar para a cidade onde se localiza a instituição-sede da pesquisa, poderá ter direito a um Auxílio-Instalação.

Mais informações sobre a Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP estão disponíveis em fapesp.br/bolsas/pd.

Outras vagas de bolsas, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades.
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados