Podcast apresenta jogo on-line desenvolvido para estudar a doença de Parkinson | AGÊNCIA FAPESP

Podcast apresenta jogo on-line desenvolvido para estudar a doença de Parkinson Criado por integrantes do Centro de Pesquisa, Inovação e Difusão em Neuromatemática da USP, o “Jogo do Goleiro” treina o aprendizado de padrões comportamentais (imagem: NeuroMat/divulgação)

Podcast apresenta jogo on-line desenvolvido para estudar a doença de Parkinson

03 de fevereiro de 2021

Agência FAPESP – O Centro de Pesquisa, Inovação e Difusão em Neuromatemática (NeuroMat) lançou novo episódio da série de podcasts A Matemática do Cérebro, que tem como tema um jogo de futebol on-line desenvolvido para o estudo da doença de Parkinson.

O NeuroMat é um Centro de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPID) da FAPESP com sede na Universidade de São Paulo (USP).

Para conversar sobre “O Jogo do Goleiro”, foram convidados a fisioterapeuta Maria Elisa Pimentel Piemonte, professora da Faculdade de Medicina (FM-USP), e o estatístico Rafael Bassi Stern, do Instituto de Matemática e Estatística (IME-USP).

Ambos são pesquisadores do NeuroMat e contam sobre o funcionamento do jogo, as ferramentas matemáticas envolvidas, como o game se relaciona com o processo de aprendizagem do cérebro e com os estudos sobre Parkinson.

O jogo conta com três fases, nas quais o jogador assume o papel do goleiro e deve adivinhar onde o batedor de pênaltis irá chutar. Mais do que uma questão de sorte, o jogador deverá perceber padrões no comportamento do batedor e defender mais pênaltis num curto espaço de tempo, para assim avançar de fase.

Ele pode ser jogado em game.numec.prp.usp.br. Já o podcast pode ser acessado pelo site do NeuroMat.
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados