Nova temporada do Entrevista, série do Futura, tem a parceria da FAPESP | AGÊNCIA FAPESP

Nova temporada do Entrevista, série do Futura, tem a parceria da FAPESP Programa, que estreia dia 15 de outubro, às 22h, será comandado por Paulo Saldiva (na foto, entrevistando Mayana Zatz) e trará notícias sobre a saúde pública, bastidores de pesquisa e histórias de vida de 13 cientistas

Nova temporada do Entrevista, série do Futura, tem a parceria da FAPESP

10 de outubro de 2018

Agência FAPESP – O canal Futura estreia, em 15 de outubro, às 22 horas, nova temporada do programa “Entrevista”, realizada em parceria com a FAPESP. Comandada pelo pesquisador Paulo Saldiva, a série apresenta histórias de 13 cientistas que se dedicam a melhorar a saúde pública do Brasil.

Entre os convidados estão Carlos Ugrinowitsch, professor da Escola de Educação Física e Esporte da USP; Mayana Zatz , pesquisadora líder do Centro de Pesquisa do Genoma Humano ; Dimas Tadeu Covas, diretor do Instituto Butantan, e Luisa Lina Villa, do Instituto do Câncer de São Paulo.

Nesta temporada, as entrevistas vão girar em torno da Ciência e Saúde e abordarão assuntos como sedentarismo e depressão, inovações no tratamento do câncer, doenças inflamatórias, prevenção e tratamento do HPV, obesidade etc.

São 13 episódios, sendo um para cada convidado. Zila Sanchez, da Escola Paulista de Medicina (Unifesp), é a primeira entrevistada. A pesquisadora faz um retrato do consumo de drogas nas baladas e apresenta propostas de redução de danos. Já na semana seguinte, Carlos Ugrinowitsch mostra a relação entre o exercício físico e o desenvolvimento do cérebro, inclusive no combate à depressão.

Cada episódio vai ao ar de segunda a quinta-feira, sempre às 22h, com 15 minutos de duração e sem intervalos. Após a exibição, todos ficam disponíveis no Futura Play.

A parceria entre a FAPESP e o canal Futura da Fundação Roberto Marinho, prevê a produção de um conjunto de programas sob os títulos “Entrevistas” e “Ciências para Todos”, a ser veiculado futuramente. O objetivo é popularizar e divulgar a ciência produzida no Brasil com apoio da FAPESP, conectando as pessoas e suas vidas ao que os pesquisadores vêm produzindo de conhecimento e sua repercussão na melhoria da qualidade de vida de todos.

 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados