Nova oportunidade de colaboração com o Reino Unido | AGÊNCIA FAPESP

FAPESP e British Council/Newton Fund selecionam propostas de pesquisa colaborativa em “Rural development” e “Biodiversity” (foto: Newton Fund)

Nova oportunidade de colaboração com o Reino Unido

02 de maio de 2017

Agência FAPESP – A FAPESP e o British Council anunciaram nova oportunidade de apoio a projetos colaborativos de pesquisadores do Estado de São Paulo e do Reino Unido.

A chamada tem apoio do programa Institutional Links, do Newton Fund, e está aberta a propostas nas áreas de “Rural development” e “Biodiversity”.

A duração dos projetos apoiados deverá ser de até 24 meses. Cada proposta terá um pesquisador responsável no Estado de São Paulo e um do Reino Unido.

Na FAPESP, as submissões de propostas deverão seguir as normas e orientações do Programa de Pesquisa em Políticas Públicas.

Pesquisadores do Estado de São Paulo interessados em participar da chamada devem fazer consulta de elegibilidade à FAPESP antes de iniciar a elaboração da proposta. Consultas de elegibilidade serão respondidas em um prazo de até 20 dias a contar da data de recebimento do e-mail.

O projeto de pesquisa deve ser escrito em língua inglesa. Os proponentes deverão seguir o cronograma da Chamada Newton Fund – Institutional Links. A data-limite para submissão de propostas é 13 de junho de 2017. Cada proposta deverá ser submetida à FAPESP e também ao British Council pelos pesquisadores responsáveis no Estado de São Paulo e no Reino Unido, respectivamente.

A chamada está publicada em: www.fapesp.br/10963.

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados