Museu do Ipiranga oferece curso gratuito e on-line sobre exposição de obras em papel | AGÊNCIA FAPESP

Museu do Ipiranga oferece curso gratuito e on-line sobre exposição de obras em papel Estão disponíveis 400 vagas, sendo metade destinada a professores e alunos da rede pública. As inscrições terminam na sexta-feira (imagem: divulgação)

Museu do Ipiranga oferece curso gratuito e on-line sobre exposição de obras em papel

17 de novembro de 2021

Agência FAPESP – O Museu Paulista da Universidade de São Paulo (USP), também conhecido como Museu do Ipiranga, dá continuidade à série de aulas que apresentam e discutem a cultura material e a história do Brasil por meio do processo de pesquisa e de produção das exposições preparadas para a reabertura do espaço, em 2022.

Nas próximas terça (23/11) e quarta-feira (24/11), o museu oferece o curso gratuito e on-line “Exposição de obras em papel: conservação, critérios e decisões”, que faz uma breve introdução dos embasamentos teóricos e práticos que devem ser considerados numa exposição dos acervos com suporte em papel.

Serão apresentados os critérios e caminhos para decisões sobre o que expor e por quanto tempo. O curso também apresenta ideias práticas de como expor as obras e traz exemplos dos trabalhos de preparação do acervo que foram selecionados para exposições da reabertura do Novo Museu do Ipiranga.

Estão disponíveis 400 vagas, sendo metade delas destinada a professores e alunos da rede pública. As inscrições devem ser feitas pelo Sistema Apolo da USP até sexta-feira (19/11).

Professores e alunos deverão encaminhar documento comprobatório de atividade para o e-mail cursosmp@usp.br. Caso o número de inscritos exceda o número de vagas, será realizado um sorteio para a seleção.

Os inscritos receberão o link de transmissão das aulas, que serão realizadas das 18h às 21h.

Mais informações: https://bit.ly/3F1GpqY.
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados