Inscrição de pôsteres no 11º Prêmio IESS pode ser feita até sexta-feira | AGÊNCIA FAPESP

Serão aceitos trabalhos em três categorias: Economia; Direito; e Promoção da Saúde, Qualidade de Vida e Gestão de Saúde. (imagem: divulgação)

Inscrição de pôsteres no 11º Prêmio IESS pode ser feita até sexta-feira

25 de outubro de 2021

Agência FAPESP – Estão abertas até sexta-feira (29/10) as inscrições para a apresentação de pôsteres na 11ª edição do Prêmio IESS de Produção Científica em Saúde Suplementar.

Criado em 2018 pelo Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS), o espaço é voltado à exibição de trabalhos que estejam dentro de uma das três categorias da premiação: Economia; Direito; e Promoção da Saúde, Qualidade de Vida e Gestão de Saúde.

Podem ser inscritos tanto trabalhos desenvolvidos em âmbito acadêmico, em nível de graduação ou pós-graduação, quanto em empresas ou outras instituições interessadas, desde que respeitando o foco central em saúde suplementar e que estejam dentro das categorias da premiação. Os pôsteres exibidos contarão com o International Standard Serial Number (ISSN) para divulgação curricular e plataformas como o Lattes.

Na atual edição, cada um dos três primeiros colocados receberá R$ 15 mil. Os segundos colocados receberão R$ 10 mil. Assim como na edição anterior, os orientadores dos trabalhos vencedores também serão compensados financeiramente com R$ 3 mil.

Os expositores podem ser de qualquer nacionalidade, idade e formação acadêmica. A submissão de trabalhos para exposição de pôsteres não contempla premiação em dinheiro.

Os critérios de avaliação dos pôsteres são: originalidade/inovação; pertinência/relevância dos resultados; e cumprimento dos requisitos de inscrição.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pelo e-mail premio@iess.org.br com os documentos descritos no regulamento do Prêmio.

Mais informações: https://bit.ly/3G8uysR.
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados