Dengue na mira | AGÊNCIA FAPESP

Denise Valle, do Instituto Oswaldo Cruz, será a entrevistada do programa de rádio Pesquisa Brasil do próximo fim de semana (foto: Fiocruz)

Dengue na mira

07 de dezembro de 2007

Agência FAPESP – De janeiro a setembro de 2007, 481.316 pessoas contraíram um dos três tipos do vírus da dengue existentes no país, 1.071 desenvolveram a forma hemorrágica da doença e 121 morreram, segundo dados do Ministério da Saúde.

Como ainda não existem formas efetivas de combater o vírus, a saída é tratar os sintomas da doença e centrar fogo no mosquito, tanto na larva como no adulto. O programa de rádio Pesquisa Brasil deste fim de semana entrevistará Denise Valle, bióloga do Laboratório de Fisiologia e Controle de Artrópodes Vetores do Instituto Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro.

Ao lado de outros pesquisadores Denise avaliou, entre 2001 e 2004, populações do mosquito em diversos municípios brasileiros e identificou, nas larvas de todas as regiões estudadas, um aumento na atividade da enzima glutationa-S-transferase (GST), que neutraliza o efeito de inseticidas utilizados no país.

A fibra de curauá, uma bromélia de grande porte da região amazônica que tem propriedades mecânicas de alta resistência, baixa densidade e potencial para reciclagem, também será apresentada no programa. Ela está cotada para substituir a fibra de vidro empregada como reforço ao plástico na fabricação de peças como botões de painel de carros, maçanetas e dobradiças de quebra-sol.

Outros destaques serão um projeto de alunos de arquitetura da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) para a urbanização de favelas, a estréia da TV digital no Brasil e os 50 anos da Faculdade de Geologia da Universidade de São Paulo (USP).

Ajude a fazer o programa: envie perguntas, críticas e sugestões para pesquisabrasil@fapesp.br. O ouvinte que tiver sua pergunta selecionada ganhará uma assinatura semestral de Pesquisa FAPESP.

Pesquisa Brasil é transmitido pela Rádio Eldorado AM (700 kHz) aos sábados, às 11h, e neste final de semana, especialmente, às 15h do domingo. Nos mesmos horários, pode ser acompanhado pela DirecTV, no canal de áudio 883, ou pela internet, no endereço www.radioeldoradoam.com.br.

A partir da tarde de segunda-feira, os interessados também podem ouvir o conteúdo do programa no site da revista Pesquisa FAPESP, em www.revistapesquisa.fapesp.br.


  Republicar

 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados