Varela recebe prêmio internacional na área de cerâmicas | AGÊNCIA FAPESP

Professor da Unesp e diretor-presidente do Conselho Técnico-Administrativo da FAPESP é homenageado com o 2013 Global Star Award, da American Ceramic Society (foto:J.A.Santilli/Unesp)

Varela recebe prêmio internacional na área de cerâmicas

08 de fevereiro de 2013

Por José Tadeu Arantes

Agência FAPESP – O professor José Arana Varela, diretor-presidente do Conselho Técnico-Administrativo da FAPESP e professor titular do Instituto de Química da Universidade Estadual Paulista (Unesp), campus de Araraquara, acaba de acrescentar mais um prêmio à vasta coleção já acumulada em sua carreira.

Trata-se do 2013 Global Star Award, que recebeu das mãos do presidente da American Ceramic Society, Richard Brow, na sessão de abertura da 37th International Conference and Exposition on Advanced Ceramics and Composites, realizada no dia 28 de janeiro de 2013 em Daytona Beach, Estados Unidos.

O prêmio reconhece “relevantes contribuições” à área de pesquisa, segundo a American Ceramic Society (Acers), promotora do evento e mais importante instituição do gênero no mundo.

A conferência reuniu mais de 1,2 mil pesquisadores de diversos países que trabalham em áreas avançadas de estudos com cerâmicas. Um dos simpósios do evento, o Summit of the Americas, foi copresidido por Varela.

“Fico feliz com o prêmio porque o vejo como um reconhecimento do trabalho de pesquisa que vem sendo realizado no Brasil na área de cerâmicas”, disse Varela à Agência FAPESP.

Varela já teve atuação destacada nas duas entidades nacionais do setor: a Associação Brasileira de Cerâmica, que reúne pesquisadores e representantes da indústria, da qual foi diretor; e a Sociedade Brasileira de Pesquisa em Materiais, com perfil mais acadêmico, que ele presidiu no biênio 2010-2011.

Nova pesquisa

Um dos projetos mais recentes que Varela coordenou foi o de um sensor de gases constituído por material semicondutor nanoestruturado. O sensor é formado por fitas de óxido de cobre (CuO) que, devido à sua dimensão nanométrica, apresentam grande área de contato com o meio. O dispositivo possui um alto poder de adsorção de moléculas.

A troca de elétrons com as moléculas adsorvidas produz variações na resistência elétrica do material, que se torna, por conta disso, um detector muito sensível da presença de gases, como o hidrogênio, no meio investigado.

A pesquisa resultou na publicação do artigo “The Role of Hierarchical Morphologies in the Superior Gas Sensing Performance of CuO-Based Chemiresistors” em uma revista de alto impacto, a Advanced Functional Materials.

O artigo resulta do trabalho conjunto de uma equipe da Unesp, composta por Diogo Volanti, Anderson Felix, Marcelo Orlandi e Elson Longo e liderada por Varela, e de uma equipe do Massachusetts Institute of Technology (MIT), composta por George Whitfield e Dae-Jin Yang e liderada por Harry Tuller. A pesquisa teve apoio da FAPESP e do MIT por meio de um acordo entre as instituições.

Materials Research Society

Varela é graduado em Física pela Universidade de São Paulo (USP), mestre em Física pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) e doutor em Ciência de Materiais pela University of Washington.

Além das atividades que exerce como professor titular do Instituto de Química da Universidade Estadual Paulista (Unesp) e diretor-presidente do Conselho Técnico-Administrativo da FAPESP, participa ativamente de várias instituições, entre elas o Conselho Superior de Inovação e Competitividade da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), a Sociedade Brasileira de Física, a World Academy of Ceramics, a American Ceramic Society e a Materials Research Society. No rol das premiações recebidas, destaca-se o Prêmio Scopus Elsevier, pela contribuição à ciência no Brasil.

Com uma agenda bastante movimentada, Varela está convidado para presidir, entre 30 novembro e 5 dezembro de 2014, o 2014 MRS Fall Meeting & Exhibit. O encontro da Materials Research Society, na área de pesquisa de materiais, deverá reunir, em Boston, Estados Unidos, cerca de 6,5 mil participantes.
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados