USP lança guia para orientar cientistas no relacionamento com a imprensa | AGÊNCIA FAPESP

Material traz orientações práticas sobre comunicação e jornalismo para pesquisadores que querem divulgar trabalhos

USP lança guia para orientar cientistas no relacionamento com a imprensa

11 de janeiro de 2019

Agência FAPESP – A Superintendência de Comunicação Social (SCS) da Universidade de São Paulo (USP) disponibilizou o guia “De cientista para jornalista – noções de comunicação com a mídia”, de autoria das jornalistas Luiza Caires e Aline Naoe.

O material mostra a estrutura de comunicação da USP e os canais de contato com a mídia que estão à disposição. São oferecidas orientações práticas para acessar esses canais, explicações do funcionamento da mídia, a diferença de linguagem dos veículos, como fazer um tema virar pauta, redigir um press release, saber a rotina dos jornalistas e quando contatá-los.

“Cientistas que usam bem a mídia e estão presentes nos meios de comunicação conquistam bons resultados para eles próprios, para seus projetos e para suas organizações”, disse Caires ao Jornal da USP.

As autoras destacam que faz parte da missão da USP tornar acessível a um público mais amplo o conhecimento e a inovação que a universidade produz. Ações de difusão da ciência também ajudam a população a tomar decisões na vida diária de maneira mais bem informada, melhorando a qualidade de vida.

O guia tem 27 páginas e está disponível livremente em formato pdf na internet.

Mais informações: https://jornal.usp.br/ciencias/publicacao-mostra-caminhos-para-transformar-ciencia-em-noticia/.
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados