TV Unesp lança novos programas na internet | AGÊNCIA FAPESP

Versão televisiva da revista Unesp Ciência e programa Bauru S/A, com lideranças e empresários da cidade, estreiam nesta semana

TV Unesp lança novos programas na internet

18 de dezembro de 2012

Agência FAPESP – A TV Unesp teve o sinal retirado do ar por determinação da Justiça. A Universidade Estadual Paulista recorreu e aguarda nova decisão. Enquanto isso, a TV segue com sua programação na internet, com novos conteúdos exibidos por streaming.

Segundo a Unesp, a programação pode ser acompanhada em tempo real a partir das 17h10. Nesta semana, além do noticiário Boletim Unesp Notícias, o público poderá assistir a dois novos programas produzidos pela TV Unesp.

O setor de Produção apresenta a versão televisiva da revista Unesp Ciência. Na edição desta semana, o programa mostra um projeto de incentivo ao turismo rural conduzido na Unesp com apoio da FAPESP.

O setor de Jornalismo exibe o programa Bauru S/A, uma série de entrevistas com lideranças sociais e econômicas da cidade. Na primeira temporada os entrevistados são o economista Reinaldo Cafeo, o publicitário e diretor do Grupo Cidade, Renato Zaiden, e o empresário e comunicador João Bidu. Os programas vão ao ar nos dias 19, 20 e 21.

Além dos novos programas, a semana ainda traz edições inéditas de programas já consolidados na grade da TV Unesp.

O Diálogos, programa que divulga avanços nas pesquisas científicas, mostra entrevista com o reitor da Unesp, o professor Julio Cezar Durigan. Durigan faz um balanço sobre os dois últimos anos em que esteve à frente da universidade e traça perspectivas para a gestão 2013-2016.

O Curta-Unesp, que entrevista realizadores e exibe curtas-metragens independentes e universitários, mostra a produção “Cinco minutos para a meia-noite”, com a temática sobre o “fim do mundo”.

Mais informações: www.tv.unesp.br.
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados