Treinamento Técnico em Bioquímica com Bolsa da FAPESP | AGÊNCIA FAPESP

Treinamento Técnico em Bioquímica com Bolsa da FAPESP Bolsista atuará junto ao Centro de Biologia Química de Proteínas Quinases, vinculado ao SGC. Inscrições até 30 de março (imagem: SGC)

Treinamento Técnico em Bioquímica com Bolsa da FAPESP

20 de março de 2017

Agência FAPESP – O Centro de Biologia Química de Proteínas Quinases da Universidade Estadual de Campinas (SGC-Unicamp) – constituído em 2015 e apoiado pela FAPESP no âmbito do Programa de Apoio à Pesquisa em Parceria para Inovação Tecnológica (PITE) – oferece uma oportunidade de Treinamento Técnico (TT-3) em Bioquímica com Bolsa da Fundação. O prazo de inscrição encerra em 30 de março.

Vinculado ao Structural Genomics Consortium (SGC) – que reúne em diversos países mais de 400 cientistas de universidades, indústrias farmacêuticas e entidades sem fins lucrativos –, o centro da Unicamp investiga a função de proteínas do tipo quinase, responsáveis por regular processos importantes do organismo, como divisão, proliferação e diferenciação celular.

O bolsista desenvolverá atividades como cultura de células de insetos para expressão de proteínas e cultura de células de mamífero e expressão e purificação de proteínas e cristalografia.

Os interessados deverão enviar para o e-mail sgc.unicamp.applications@gmail.com currículo vitae, carta de interesse (três parágrafos, em inglês) explicando o interesse em trabalhar no SGC e como suas habilidades poderão contribuir para o sucesso do laboratório, além do nome, endereço de e-mail e número de telefone de duas pessoas que poderão dar recomendação sobre seu trabalho.

A oportunidade está publicada em www.fapesp.br/oportunidades/1472/.

Para mais informações sobre as bolsas de Treinamento Técnico acesse fapesp.br/bolsas/tt e fapesp.br/3098.

Informações sobre valores das bolsas TT estão disponíveis no endereço fapesp.br/3162.

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados