SP Pesquisa contará o que os cientistas já sabem sobre o câncer | AGÊNCIA FAPESP

SP Pesquisa contará o que os cientistas já sabem sobre o câncer Programa mostra o trabalho desenvolvido por pesquisadores em laboratórios de São Paulo (imagem: Univesp TV)

SP Pesquisa contará o que os cientistas já sabem sobre o câncer

26 de junho de 2015

Agência FAPESP – O programa SP Pesquisa, que será exibido pela TV Cultura no sábado (27/06) e pela Univesp TV no domingo (28/06), vai tratar das pesquisas sobre o câncer no Brasil.

O programa vai contar o que os cientistas já sabem sobre o aparecimento do câncer em nosso organismo, mostrando o trabalho desenvolvido em laboratórios de pesquisa de São Paulo.

Roger Chammas, que coordena o Centro de Investigação Translacional em Oncologia do Instituto do Câncer da Universidade de São Paulo (USP), explica como a pesquisa caminha do paciente para o laboratório e retorna ao paciente em forma de tratamento.

Mitzi Brentani e Aparecida Koike, também da USP, estudam o câncer de mama e querem saber por que a doença tem aparecido tão frequentemente em jovens. Raul Maranhão, do Instituto do Coração, fala sobre investigações relacionadas a nanomedicamentos para o tratamento do câncer.

O SP Pesquisa é resultado de um termo de cooperação assinado entre a FAPESP e a Fundação Padre Anchieta, responsável pela TV Cultura. Na TV Cultura, o programa vai ao ar aos sábados, às 16h. A Univesp TV exibe reprise aos domingos (19h) e quintas-feiras (21h30).

Mais informações em univesptv.cmais.com.br.

Os programas SP Pesquisa já exibidos podem ser vistos no canal da Univesp TV no YouTube
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados