São Paulo ganha centro de excelência em física teórica | AGÊNCIA FAPESP

Primeira unidade na América do Sul de centro vinculado à Unesco iniciará atividades no dia 6 de fevereiro no campus paulistano da Unesp, com apoio da FAPESP. Centro realizará pesquisa de ponta com intenso intercâmbio de cientistas (foto: IFT-Unesp)

São Paulo ganha centro de excelência em física teórica

30 de janeiro de 2012

Por Fábio de Castro

Agência FAPESP – Dentro de uma semana, a cidade de São Paulo começará a se tornar o principal centro de referência para os físicos teóricos no continente. Na próxima segunda-feira (06/02), serão iniciadas oficialmente as atividades do Instituto Sul-Americano de Pesquisa Fundamental (SAIFR, na sigla em inglês).

Sediado no campus paulistano da Universidade Estadual Paulista (Unesp), o novo centro será a primeira unidade na América do Sul do Centro Internacional de Física Teórica (ICTP, na sigla em inglês), vinculado à Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) e localizado em Trieste (Itália).

De acordo com o diretor do ICTP-SAIFR, Nathan Berkovits, professor do Instituto de Física Teórica (IFT) da Unesp, o novo instituto terá o objetivo de se tornar um centro de excelência em física teórica no continente. Além da pesquisa, o centro organizará escolas avançadas e workshops internacionais, receberá pesquisadores visitantes e pós-doutores e promoverá um intenso intercâmbio entre alunos e pesquisadores do Brasil e do exterior.

O ICTP-SAIFR – cuja instalação conta com apoio da FAPESP – terá no continente sul-americano papel semelhante ao centro de Trieste, que foi fundado em 1964 pelo paquistanês Abdus Salam, laureado como prêmio Nobel da Física em 1979.

“Há quase 50 anos o ICTP tem o papel de auxiliar o avanço da excelência científica em países em desenvolvimento, que têm menos estrutura em física teórica. O centro cumprirá esse papel na América do Sul, tornando-se um centro de excelência e fazendo de São Paulo um ponto de encontro onde os pesquisadores de todo o continente poderão interagir com os maiores talentos da física teórica no mundo”, disse Berkovits à Agência FAPESP.

Em uma primeira fase, o ICTP-SAIFR terá foco nas áreas da física teórica que já estão consolidadas no IFT-Unesp, como gravitação, física de partículas, supercordas, sistemas complexos, teoria de campos e física nuclear e atômica.

No futuro, as atividades se estenderão a todos os campos da física teórica. O novo centro funcionará no prédio do IFT-Unesp, no bairro da Barra Funda, na capital paulista. O vice-diretor será o professor Rogério Rosenfeld, ex-diretor do IFT-Unesp.

Os recursos do ICTP-SAIFR, segundo Berkovits, serão garantidos por uma parceria entre a Unesp, o ICTP e a FAPESP. A Unesp se encarregará de contratar cinco pesquisadores permanentes, que realizarão estudos independentes e atuarão na pós-graduação da universidade, orientando alunos e colaborando em pesquisas.

A seleção dos membros permanentes do ICTP-SAIFR será feita por um comitê internacional de busca, formado por Peter Goddard, Edward Witten e Mathias Zaldarriaga - todos do Instituto de Estudos Avançados de Princeton - , Marcela Carena, do Fermilab , David Gross, do Instituto Kavli de Física Teórica, Leo Kadanoff e Robert Wald, ambos da Universidade de Chicago e Martin Rees, da Universidade de Cambridge.

O Conselho Científico do ICTP-SAIFR, presidido por Peter Goddard, é coposto por Matias Zaldarriaga,  Marcela Carena, Seifallah Randjbar-Daemi, Juan Montero (IFT-Unesp), Marcel Clerc (Universidade de Chile), Luiz Davidovich (Universidade Federal do Rio de Janeiro), Daniel Sudarsky (Universidade Nacional Autônoma do México), Anthony Zee (Universidade da Califórnia) e Barton Zwiebach (Instituto de Tecnologia de Massachusetts). 

“A Unesp também se comprometeu a disponibilizar a infraestrutura para criação do centro e contratar uma secretária bilíngue, um gerente de sistemas computacionais e um contador. O novo prédio do IFT, onde será a sede do centro, tem um auditório com 120 lugares, laboratório de informática para 40 pessoas, salas de aula e salas para pesquisadores visitantes e pós-doutorandos”, disse.

O ICTP, segundo Berkovits, financiará a participação de pesquisadores de outros países da América do Sul que se interessem por participar das atividades do novo centro.

A FAPESP financiará o centro por meio do Projeto Temático “ICTP Instituto Sul-Americano para Pesquisa Fundamental: um centro regional para física teórica”, coordenado por Berkovits.

“A FAPESP é o principal parceiro. O Temático financiará nove bolsas de pós-doutorado e fornecerá recursos para que tenhamos três pesquisadores visitantes simultaneamente, com estadia de duração variável ao longo de um período de cinco anos. O projeto também prevê recursos para a organização dos workshops e para trazer participantes que venham de outras partes do Brasil ou de outros continentes”, disse Berkovits.

Primeira unidade do ICTP fora de seu país-sede, o ICTP-SAIFR se beneficiará do grande número de conexões internacionais já consolidadas pelos pesquisadores do IFT-Unesp.

As colaborações no exterior são o ponto forte, por exemplo, do grupo envolvido com o Projeto Temático “Pesquisa e ensino em teoria de cordas”, financiado pela FAPESP e também coordenado por Berkovits.

“Em 2003 e em 2010 já havíamos organizado duas escolas avançadas sobre teoria de supercordas em parceria com o ICTP”, disse. O diretor do centro de Trieste, o guatemalteco Fernando Quevedo – professor da Universidade de Cambridge (Inglaterra) –, participou dos dois eventos.

“Quevedo já conhecia o IFT-Unesp e quando levaram adiante a ideia de criar uma unidade na América do Sul, naturalmente pensaram em São Paulo”, disse Berkovits.

Inauguração e escolas avançadas

O novo instituto já iniciou, na prática, suas atividades. “A primeira escola avançada foi realizada entre os dias 16 e 28 de janeiro, com um curso de matemática aplicado à biologia e 63 alunos do Brasil, Argentina, Colômbia, Equador, Paraguai, Uruguai e Venezuela além de Canadá, Estados Unidos, Inglaterra e Portugal”, disse Berkovits.

O segundo evento será realizado entre os dias 16 e 27 de junho: a “Escola Avançada sobre Relatividade Geral: Astrofísica Relativística e Cosmologia”. Entre os dias 5 e 16 de novembro, será realizada a terceira escola avançada: “Computação simbólica na física teórica: integrabilidade e super-Yang-Mills”.

No dia 5 de fevereiro, véspera do lançamento oficial do ICTP-SAIFR, o instituto realizará uma palestra de divulgação científica, voltada ao público leigo, com o tema "Explicando as origens do Universo". A palestra será ministrada em espanhol pelo professor argentino Matias Zaldarriaga, do Instituto de Estudos Avançados de Princeton (Estados Unidos), às 16 horas.

A abertura oficial do ICTP-SAIFR será realizada no dia 6 de fevereiro às 16 horas, com a participação de Peter Goddard, diretor do Instituto de Estudos Avançados de Princeton, de Julio Cezar Durigan, vice-reitor no exercício da Reitoria da Unesp, de Fernando Quevedo, diretor do ICTP, de Carlos Henrique de Brito Cruz, diretor-científico da FAPESP, de Jacob Palis, presidente da Academia Brasileira de Ciências (ABC) e do físico Juan Maldacena, representante dos demais países da América do Sul. Os cinco últimos são também os membros do comitê diretivo do ICTP-SAIFR.

No dia 7 de fevereiro, às 16 horas, será realizada uma mesa-redonda sobre o papel do novo instituto ICTP-SAIFR. O debate contará com breves apresentações dos físicos Luis Raul Abramo e Gustavo Burdman – ambos do Instituto de Física da Universidade de São Paulo (USP), Amir Caldeira, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Carlos Henrique de Brito Cruz, diretor científico da FAPESP, Celso Pinto de Melo, presidente da Sociedade Brasileira de Física e Sergio Rezende, ex-ministro da Ciência e Tecnologia.

Mais informações: www.ictp-saifr.org
 

Assuntos mais procurados