Química forense é tema de olimpíada | AGÊNCIA FAPESP

Alunos do ensino médio interessados em participar da Olimpíada de Química do Estado de São Paulo têm até 10 de novembro para entregar suas redações

Química forense é tema de olimpíada

25 de setembro de 2008

Agência FAPESP – Os estudantes de 1ª e 2ª série do ensino médio de escolas públicas e privadas do Estado de São Paulo têm até 10 de novembro para entregar suas redações, feitas individualmente ou em grupo, aos seus professores de química.

As quatro melhores redações de cada escola sobre o tema “Química Forense” serão inscritas, até 24 de novembro, na Olimpíada de Química do Estado de São Paulo (ABQSP-2009), promovida pela Associação Brasileira de Química.

A equipe da ABQ-SP escolherá cem redações cujos autores principais farão o exame da fase final da competição, no dia 6 de junho de 2009, no Instituto de Química da Universidade de São Paulo (USP).

Segundo a associação, o tema “Química Forense” visa a remeter os alunos ao estudo, observação, discussão e reflexão sobre as contribuições da química na criação e aplicação das leis e na promoção da justiça.

Em suas redações, os estudantes deverão focalizar a atuação dos químicos em atividades como as de detecção, investigação, realização de análises químicas e laudos periciais relativos a crimes, contravenções e infrações.

A Olimpíada de Química do Estado de São Paulo é realizada por uma equipe voluntária de 40 professores doutores em química, com o apoio do Instituto de Química da USP e da Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest).

Mais informações: http://allchemy.iq.usp.br
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados