Pós-doutorado em estudos de sinterização com Bolsa da FAPESP | AGÊNCIA FAPESP

Selecionado integrará projeto de sinterização assistida por campo elétrico em eletrocerâmicas no CEPID CDMF. Inscrição até 15 de novembro (imagem: E.N.S.Muccillo e R.Muccillo)

Pós-doutorado em estudos de sinterização com Bolsa da FAPESP

08 de novembro de 2017

Agência FAPESP – O Centro de Desenvolvimento de Materiais Funcionais (CDMF) abriu uma vaga de pós-doutorado para o projeto “Experimentos de sinterização de materiais cerâmicos, análise microestrutural e análise por espectroscopia de impedância eletroquímica”. O prazo de inscrições termina no dia 15 de novembro de 2017. O CDMF é um Centro de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPID) da FAPESP.

Entre as atividades previstas estão experimentos de sinterização por flash, análise de fases estruturais por difração de raios X, análise microestrutural por microscopia eletrônica de varredura e microscopia de varredura por sonda e análise de fenômenos de transporte por espectroscopia de impedância eletroquímica. Os experimentos de sinterização por flash serão feitos em dispositivo montado nos laboratórios do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (Ipen).

Os experimentos visam coletar dados para a modelagem e proposição de mecanismos para explicar o fenômeno de sinterização por flash, que possibilita obter corpos cerâmicos densos com tamanho de grão nanométrico a temperaturas menores do que as aplicadas em sinterização convencional.

Interessados em participar da seleção devem enviar por e-mail para o coordenador do projeto, professor Reginaldo Muccillo (muccillo@usp.br), curriculum vitae, destacando habilidades na operação e interpretação de resultados em espectroscopia de impedância eletroquímica de sólidos e sinterização, com no máximo cinco páginas, e duas cartas de recomendação de ex-professores.

Mais informações sobre a vaga estão em www.fapesp.br/oportunidades/1768.

A oportunidade está aberta a brasileiros e estrangeiros. O selecionado receberá Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de R$ 7.174,80 mensais e Reserva Técnica. A Reserva Técnica de Bolsa de PD equivale a 15% do valor anual da bolsa e tem o objetivo de atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Caso o bolsista de PD resida em domicílio diferente e precise se mudar para a cidade onde se localiza a instituição-sede da pesquisa, poderá ter direito a um Auxílio-Instalação. Mais informações sobre a Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP estão disponíveis em www.fapesp.br/bolsas/pd.

Outras vagas de bolsas, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades, em www.fapesp.br/oportunidades.
 

Assuntos mais procurados