Pós-doutorado em neurofisiologia experimental com bolsa da FAPESP | AGÊNCIA FAPESP

Pós-doutorado em neurofisiologia experimental com bolsa da FAPESP Bolsista vai integrar grupo da USP de Ribeirão Preto que estuda como fatores psicossociais afetam certas populações neuronais e contribuem para sintomas depressivos em pacientes com epilepsia do lobo temporal (imagem: Pixabay)

Pós-doutorado em neurofisiologia experimental com bolsa da FAPESP

15 de outubro de 2019

Agência FAPESP – O Projeto Temático “Epilepsias farmacorresistentes: desafios diagnósticos, estudo das comorbidades associadas e novas abordagens experimentais” dispõe de uma oportunidade de pós-doutorado com bolsa da FAPESP. O prazo de inscrição termina no dia 20 de outubro de 2019.

A pesquisa é desenvolvida pelo Laboratório de Investigação em Epilepsia, um grupo de pesquisa transdisciplinar do Departamento de Neurociências e Ciências do Comportamento da Universidade de São Paulo (USP) em Ribeirão Preto.

O grupo trabalha com pesquisa translacional em neuroimagem, neuropatologia e eletrofisiologia em modelos experimentais e pacientes para a investigação de relações entre comorbidades psiquiátricas e epilepsia. O projeto busca entender como fatores psicossociais podem afetar dinâmicas de populações neuronais que contribuem para sintomas depressivos observados nos pacientes com epilepsia do lobo temporal.

O candidato selecionado desenvolverá estudo para investigar modulação de dinâmicas neuronais mesocorticolímbicas pelo sistema endocanabinoide em modelo animal de estresse. O bolsista realizará registro eletrofisiológico do córtex pré-frontal medial, amígdala e área regimental ventral durante tarefas cognitivas e hedônicas, como desamparo aprendido e teste de preferência por sacarose.

São requisitos para a vaga: doutorado em neurociências ou equivalente, com tese em eletrofisiologia; habilidades comprovadas em eletrofisiologia de livre-movimento e sob anestesia; histórico de trabalho com manipulação canabinoide e na realização de imuno-histoquímicas; habilidade em programação em Python, C/C++ ou Matlab; e experiência em analisar séries temporais de dados eletrofisiológicos e no uso de ferramentas open-source.

Os interessados devem enviar currículo Lattes, duas cartas de recomendação de ex-supervisores e carta de interesse para o e-mail do coordenador do projeto, o professor João Pereira Leite (jpleite@fmrp.usp.br).

Mais informações sobre a vaga em: www.fapesp.br/oportunidades/3186.

A oportunidade de pós-doutorado está aberta a brasileiros e estrangeiros. O selecionado receberá Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de R$ 7.373,10 mensais e Reserva Técnica equivalente a 15% do valor anual da bolsa para atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Caso o bolsista de PD resida em domicílio fora da cidade na qual se localiza a instituição-sede da pesquisa e precise se mudar, poderá ter direito a um auxílio-instalação. Mais informações sobre a Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP estão disponíveis em www.fapesp.br/bolsas/pd.

Outras vagas de bolsas, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades, em www.fapesp.br/oportunidades.
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados