Pós-doutorado em genética de plantas | AGÊNCIA FAPESP

Projeto Temático apoiado pela FAPESP tem vaga de bolsa para pós-doutoramento no Centro de Energia Nuclear na Agricultura (foto: Eduardo Cesar)

Pós-doutorado em genética de plantas

17 de agosto de 2009

Agência FAPESP – O Laboratório de Melhoramento de Plantas da Divisão Produtividade Agroindustrial e Alimentos do Centro de Energia Nuclear na Agricultura (Cena) da Universidade de São Paulo está com uma vaga aberta de Bolsa de Pós-Doutorado.

A bolsa da FAPESP está vinculada ao Projeto Temático “Análise molecular da resistência genética do cacaueiro (Theobroma cacao L.) à vassoura-de-bruxa (agente causal Moniliophthora perniciosa)”, coordenado pelo professor Antonio Vargas de Oliveira Figueira. O objetivo principal do projeto é dissecar a cascata de resposta de defesa do cacaueiro em relação à infecção por M. perniciosa.

Os candidatos devem possuir título de doutor, com experiência em microbiologia e técnicas de biologia molecular (amplificação, purificação, clonagem, sequenciamento, expressão gênica), análises de dados usando métodos filogenéticos (de proteínas e ácidos nucleicos), anotação e busca de dados em banco de dados de transcriptoma, análises de ESTs e dominar métodos de avaliação da expressão gênica e proteica. Familiaridade com métodos de mapeamento genético é recomendável.

Os interessados devem enviar os seguintes documentos, em formato PDF, para o e-mail figueira@cena.usp.br até o dia 3 de setembro de 2009:

  • 1) Duas cartas de recomendação;
  • 2) Uma carta de apresentação (máximo de uma página A4, times 12);
  • 3) Currículo vitae ou Lattes atualizado (pode ser apenas o link).

O valor da Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP é de R$ 4.508,10 mensais.

Outras vagas de bolsas de pós-doutorado, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades, em www.oportunidades.fapesp.br.
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados