Pós-doutorado em Eletroanalítica com bolsa da FAPESP | AGÊNCIA FAPESP

Projeto na Universidade Federal de São Carlos avalia por meio de sensores a presença de agrotóxicos em mel (foto: George Shuklin / Wikimedia)

Pós-doutorado em Eletroanalítica com bolsa da FAPESP

04 de janeiro de 2019

Agência FAPESP – O Projeto Temático “Interações abelha-agricultura: perspectivas para a utilização sustentável” tem uma oportunidade de pós-doutorado, com bolsa da FAPESP, disponível no Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). O prazo de inscrição termina em 11 de janeiro de 2019.

Coordenado pelo professor Osmar Malaspina, o projeto visa desenvolver e avaliar a detecção de agrotóxicos e peróxido de hidrogênio em mel, utilizando sensores eletroquímicos baseados em filmes finos nanoestruturados produzidos a partir de cera de abelhas.

O bolsista deverá atuar no desenvolvimento de sensores utilizando materiais nanoestruturados como grafeno, negro de fumo e/ou nanotubos de carbono para a determinação de agrotóxicos e peróxido de hidrogênio em amostras de mel.

Os requisitos desejáveis para o candidato são conhecimento de técnicas de análise morfológico-estrutural e voltamétricas para fins analíticos. O candidato deve ter disponibilidade imediata para residir em Araras (SP) e ter concluído o doutorado há menos de cinco anos.

As inscrições deverão ser feitas pelo e-mail brunocj@ufscar.br para o supervisor do projeto, o professor Bruno Campos Janegitz. Devem ser anexados ao e-mail, em formato PDF: curriculum vitae, carta de apresentação (máximo de 200 palavras), duas cartas de recomendação de pesquisadores indicando o nome e o e-mail institucional e plano de trabalho descrevendo uma proposta de pesquisa.

Mais informações sobre a vaga: www.fapesp.br/oportunidades/2571.

A oportunidade de pós-doutorado está aberta a brasileiros e estrangeiros. O selecionado receberá Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de R$ 7.373,10 mensais e Reserva Técnica equivalente a 15% do valor anual da bolsa para atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Caso o bolsista de PD resida em domicílio fora da cidade na qual se localiza a instituição-sede da pesquisa e precise se mudar, poderá ter direito a um auxílio instalação. Mais informações sobre a Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP estão disponíveis em www.fapesp.br/bolsas/pd.

Outras vagas de bolsas, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades, em www.fapesp.br/oportunidades.
 

Assuntos mais procurados