Pós-doutorado em Anatomia de Serpentes Neotropicais Venenosas com Bolsa da FAPESP | AGÊNCIA FAPESP

Oportunidade no Instituto Butantan é para pesquisa que integra o programa BIOTA. Interessados podem se inscrever até 15 de novembro (foto: Wikimedia)

Pós-doutorado em Anatomia de Serpentes Neotropicais Venenosas com Bolsa da FAPESP

09 de novembro de 2017

Agência FAPESP – Está disponível uma vaga de pós-doutorado no Instituto Butantan para o projeto de pesquisa “Escalas da Biodiversidade – estudos integrados da evolução e função do veneno de serpentes”. A inscrição pode ser feita até dia 15 de novembro de 2017.

O projeto faz parte do programa BIOTA-FAPESP e é coordenado pelo professor Inácio de Loiolla Meirelles Junqueira de Azevedo.

O bolsista trabalhará na investigação anatômica e da expressão gênica do aparato de veneno das serpentes, incluindo esqueleto, músculos e glândulas cefálicas. A pesquisa envolve a análise morfológica e transcriptômica comparativa de espécies representativas das três famílias de serpentes neotropicais (Elapidae, Viperidae e Dipsadidae) que apresentam táxons venenosos.

Exige-se para a vaga: título de doutor em área correlata ao projeto concluído há menos de cinco anos; interesse em evolução de serpentes e experiência comprovada no estudo anatômico, histológico, histoquímico, transcriptômico ou micro-CT de vertebrados; é desejável fluência em inglês e português e disponibilidade para residir em São Paulo durante os dois anos da bolsa.

Os interessados devem enviar e-mail para (biodiversity.scales@butantan.gov.br), contendo curriculum vitae, carta de apresentação justificando o interesse na vaga e contatos (nome, instituição, telefone e e-mail) de dois ou três pesquisadores que possam dar informações sobre o candidato.

Mais informações sobre a vaga estão em: www.fapesp.br/oportunidades/1788.

A oportunidade está aberta a brasileiros e estrangeiros. O selecionado receberá Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de R$ 7.174,80 mensais e Reserva Técnica. A Reserva Técnica de Bolsa de PD equivale a 15% do valor anual da bolsa e tem o objetivo de atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Caso o bolsista de PD resida em domicílio diferente e precise se mudar para a cidade onde se localiza a instituição-sede da pesquisa, poderá ter direito a um auxílio-instalação. Mais informações sobre a Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP estão disponíveis em fapesp.br/bolsas/pd.

Outras vagas de bolsas, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades, em fapesp.br/oportunidades.
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados